Lixão de Mâncio Lima vira cemitério de animais e causa grande fedor na região

lixao-Mancio-Lima

Moradores da região e pessoas que passam perto do lixão de Mâncio Lima reclamam do grande fedor que exala do local, causado por ossadas de animais que são jogadas a céu aberto quando deveriam ser enterrados em locais apropriados.

Add a comment (0)

Denúncia de Nepotismo na Prefeitura de Mâncio Lima causa grande repercussão

Radialista Josemir Melo contesta declarações do prefeito e comenta que advogado da prefeitura condena prefeito ao confirmar irregularidade

O ajuizamento de uma Ação de Improbidade Administrativa contra o prefeito de Mâncio Lima, Cleidson Rocha, efetivada pelo promotor Fernando Régis Cembranel, da Promotoria de Mâncio Lima, no início desta semana, por motivo de contratação de parentes, inclusive do vice e de secretários, foi comentada pelo radialista Josemir Melo, acusado pelo prefeito de ter sido o autor das denúncias contra sua administração.

Surpreso com a declaração do prefeito Cleidson Rocha o radialista afirmou que apenas está exercendo sua função de comunicador e foi ponte entre o Ministério Público e a imprensa para a divulgação do ajuizamento da ação impetrada contra o prefeito Cleidson Rocha, no Fórum de Mâncio Lima. 

“Quero deixar bem claro que estou apenas fazendo meu trabalho. Avalio que o prefeito Cleidson Rocha, principalmente pela sua formação, deveria respeitar mais a imprensa porque ao invés de me atacar ele precisa é dar explicações à população pelas irregularidades apuradas pelo Ministério Público que agora foram ajuizadas na Justiça”, disse.

Josemir Melo confirma que realmente realizou um trabalho de divulgação para a prefeitura de Mâncio Lima, como citou o prefeito, mas foi um trabalho feito com muito profissionalismo e desmentiu a afirmação do prefeito que o acusou de estar cobrando um valor que a prefeitura não conseguiu pagar.

“Fizemos um bom trabalho de divulgação para a Prefeitura de Mâncio Lima que custou mensalmente R$ 2 mil destinado a pagar um jornalista, editor de imagem, emissoras, além da produção. A divulgação nas rádios custava R$ 1 mil nas rádios e sobrava uma média de R$ 250,00 por mês, ao contrário dos secretários da prefeitura que ganham R$ 7 mil. Avalio que o prefeito Cleidson Rocha deveria respeitar mais a imprensa que tem o papel de informar as pessoas. Mas, como ele não acompanha o trabalho, desvaloriza a esse ponto o trabalho dos profissionais. Para um doutor ele está muito mal informado, mas o que dizer de uma pessoa que menospreza inclusive a Justiça, como ele fez em sua justificativa sobre as irregularidades”, disse.

Advogado da Prefeitura confirma Nepotismo

O radialista confirmou que a divulgação da matéria sobre nepotismo na Prefeitura de Mâncio Lima deu uma repercussão muito grande no município de Mâncio Lima e o prefeito Cleidson Rocha foi muito infeliz em querer descaracterizar o trabalho do promotor, afirmando que a denúncia não era real e ele estava tranquilíssimo.

“A mentira tem perna curta e a investigação feita pelo Ministério Público é de muita responsabilidade. Toda população sabe que os parentes do prefeito, do vice e dos secretários ocuparam a maioria dos cargos comissionados e foram beneficiados com os altos salários. Agora, a coisa complica para o prefeito porque o próprio advogado da prefeitura, ao vivo através de entrevista na Rádio Juruá FM, confirmou que a denúncia é verídica. Então, precisamos aplaudir a ação do promotor de Mâncio Lima que teve a coragem de dar atenção a uma denúncia da população, realizou um sério trabalho e ajuizou a ação de improbidade. O costume é a coisa ficar impune como vemos em outros municípios e não são nem investigadas”, ressaltou.

População reprova administração de Cleidson Rocha

Josemir Melo avaliou que a população do município de Mâncio Lima está muito insatisfeita com a administração do prefeito Cleidson Rocha pelo descaso que ele trata os diversos setores do município.

“Para se ter ideia dos problemas hoje tivemos protesto de professores que estão com seus salários atrasados e não sabem nem quando vão receber o seu dinheiro. Para uma pessoa que tem o título de doutor tratar o setor de educação do seu município desta maneira é uma vergonha. É inconcebível, também,  aceitar que um município com 15 mil habitantes tenha um apenas médico atendendo num posto de saúde e o hospital também não tem médico, só para citar dois exemplos”, avaliou.

Confissão    

O radialista considera que o prefeito Cleidson Rocha quis enganar a população, ao se mostrar tranqüilo e querer descaracterizar a denúncia.

“Agora, esperamos que a Justiça acate a representação do Ministério Público e penalize o prefeito, principalmente depois que sua assessoria jurídica confirmou que realmente a situação exposta pela ação do Ministério Público é real, sendo a declaração do advogado, na minha avaliação, uma confissão de culpa e confirmação da denúncia do promotor”, finalizou.

www.vozdonorte.com.br - Da redação 

Add a comment (0)

Nepotismo na Prefeitura de Mâncio Lima é denunciado pelo Ministério Público

rocha2

Prefeito Cleidson Rocha contratou seus parentes, do vice e de secretários, para cargos de confiança e função gratificada, apurou Inquérito Civil

A Promotoria de Mâncio Lima ajuizou na terça-feira (24), no Fórum da Comarca de Mâncio Lima, uma Ação de Improbidade Administrativa contra o prefeito Cleidson Rocha (PMDB) acusado de ter cometido crime de responsabilidade quando efetivou a contratação de 11 parentes dele, do vice-prefeito Eriton Maia e dos demais secretários da administração, infringindo a Súmula 13 do Supremo Tribunal Federal (STF) que veda o nepotismo na administração pública.

Add a comment (0)

Motorista mata ciclista em Mâncio Lima e foge sem prestar socorro

O acidente aconteceu na Avenida Japiim às 5 horas da manhã deste domingo. O funcionário de um motel, que fica em frente ao local, escutou o estrondo da batida e quando saiu para saber o que tinha acontecido, encontrou apenas o corpo de Francisco Farias de Araújo, 25, e a bicicleta da vítima. O carro que atropelou o rapaz já havia sido retirado do local.
Francisco que morava no Bairro Telegrafo, em Cruzeiro do Sul, sofreu traumatismo craniano. O corpo foi levado IML para realização do exame cadavérico e em seguida foi velado na casa da família.
 
Ainda na manhã deste domingo a polícia localizou  o carro envolvido no acidente. O trabalho dos peritos criminalistas foi fundamental a para identificar o veículo. Os policiais saíram pela cidade e conseguiram encontrar o Cross Fox, de placa 1346, que estaria com avarias e faltando as mesmas peças que ficaram na rua onde o ciclista foi acidentado.
 
 A polícia ainda não revelou o nome da pessoa que conduzia o carro no momento do acidente. Apenas o pai do motorista se apresentou à polícia.
www.vozdonorte.com.br - Mazinho Rogério com informaçao de Neto Costa

www.vozdonorte.com.br - Mazinho Rogério com informaçao de Neto Costa

Add a comment (0)