Justiça do Trabalho Itinerante atende população de Mâncio Lima e Rodrigues Alves

Justiça do Trabalho 1

Servidores da Justiça do Trabalho da 14ª Região atenderam na segunda (17) e terça-feira (18), a população de Mâncio Lima e Rodrigues Alves que tinha necessidade de fazer reclamações trabalhistas. O atendimento foi realizado através do Programa Justiça Itinerante que leva a Justiça do Trabalho aos municípios do interior.

Justiça do Trabalho 2

Trabalhos na zona rural e prestação de serviço foram as principais reclamações da população que procurou a Justiça do Trabalho Itinerante, informou o Assistente do Diretor de Secretaria, Luiz Lima Melo, que atendeu a população junto com a advogada Jeizemaira Câmara, representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) junto a Justiça do Trabalho.

O trabalho da Justiça do Trabalho Itinerante é realizado em três fases: divulgação, recebimento das reclamações e audiências. A segunda fase desta etapa foi realizada nesta semana e as audiências estão marcadas para o dia 09 de Agosto, onde as pendências serão resolvidas com a presença dos reclamados.

Em Mâncio Lima foram recebidas três reclamações e em Rodrigues Alves seis, informou Luiz Melo, que considerou satisfatório o trabalho da Justiça Itinerante que atende a população do interior. “A Justiça Itinerante é um serviço da Justiça do Trabalho realizado em ciclo periódico semestral para atender a população dos municípios do interior”, disse.

Justiça do Trabalho 4

Em Rodrigues Alves diversos barqueiros que transportam alunos na zona rural do município contratados pela Secretaria de Estado de Educação, fizeram reclamação porque estão sem receber o pagamento do serviço. José Carlos, em 2012, trabalhou nove meses e recebeu apenas dois meses e ainda não recebeu nenhum pagamento de 2013.

Justiça do Trabalho 3

“Trabalho porque sou um pai de família e preciso. Em 2012 fui contratado pela Secretaria de Educação do Estado e durante nove meses transportei alunos da Carlota até o Paraná dos Mouras e só recebi dois meses. Este ano só fui trabalhar porque disseram que ia melhorar porque ia ser pela prefeitura, mas já trabalhamos três meses e não recebemos nada”, disse.

Powered by Bullraider.com