Governador entrega 300 pequenos negócios em Cruzeiro do Sul

Governador entrega 300 pequenos negocios em cruzeiro do sul foto sergio vale 3

O governo do Estado, através da Secretaria de Pequenos Negócios, entregou na manhã desta sexta-feira, 21, em Cruzeiro do Sul, 300 pequenos negócios

Homens e mulheres que não tinham renda alguma, estavam desempregados e com a difícil missão de sustentar a família tendo baixa escolaridade e muitas vezes nenhum conhecimento técnico profissional. Esse é o público alvo de um programa de governo que tem revolucionado o Estado do Acre, mesmo nos municípios de difícil acesso, com um termo capaz de transformar vidas: oportunidade de trabalho.

O governo do Estado, através da Secretaria de Pequenos Negócios, entregou na manhã desta sexta-feira, 21, em Cruzeiro do Sul, 300 pequenos negócios para homens e mulheres que ganharam uma oportunidade de escrever novas páginas em sua história. “Eu era uma pessoa que não tinha renda de nada - nem de emprego, nem de Bolsa Família, nenhuma ajuda. E eu agradeço a Deus pela oportunidade de ter feito o curso de cabeleireira, que gosto de fazer, e num único dia de trabalho em ganhei R$ 580. Fiquei com as mãos queimadas do secador e da prancha, mas faturei meu dinheiro”, disse Francisca Elinária, uma das beneficiadas.

Homens e mulheres que não tinham renda alguma, estavam desempregados e com a difícil missão de sustentar a família têm agora uma nova perspectiva de vida 

Os beneficiários são cadastrados pelo governo do Estado através de busca ativa do CAD Único - cadastro do governo federal para quem recebe auxílio de programas de transferência de renda. Após ter a aptidão identificada, a pessoa passa por um treinamento técnico-profissional, instrução - dada em parceria com o Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) sobre empreendedorismo e manutenção do empreendimento - e ganham os equipamentos necessários para o início do negócio. Para garantir o sucesso do empreendimento, há um período de incubação, em que todos os microempreendedores são acompanhados durante dois anos.

"Num único dia de trabalho em ganhei R$ 580. Fiquei com as mãos queimadas do secador e da prancha, mas faturei meu dinheiro”, disse Francisca Elinária 

 Aldenora Brígido tem 48 anos. Veio do Seringal Pixuna há alguns anos em busca de mais oportunidade para os oito filhos. Para sustentá-los, fazia salgados em casa, colocava-os numa bacia e saía para vender sem se importar se chovia ou fazia sol. Hoje ela recebeu um carrinho com tudo de que precisava para vender seus produtos de forma mais confortável e higiênica. “Meu Deus do céu, nunca pensei que fosse ter um negócio desses. Agora vai melhorar a renda e o serviço. Posso escolher um ponto melhor, vender mais, e a vida vai melhorar”, disse.

 

"Quando começamos o governo, a meta era de cinco mil empreendimentos até o fim da gestão, e estamos encerrando o ano com oito mil pessoas beneficiadas. Uma grande vitória", disse o governador Tião Viana 

 

Hoje foram entregues roçadeiras, equipamentos para corte e costura, estufas e carrinhos para salgados e doces. “Já entregamos 800 pequenos negócios em Cruzeiro do Sul e temos mais 1,5 mil para o próximo ano. Quando começamos o governo, a meta era de cinco mil empreendimentos até o fim da gestão, e estamos encerrando o ano com oito mil pessoas beneficiadas. Uma grande vitória. Olhamos para as casas das pessoas, para as vidas que levavam, e pensamos no programa de pequenos negócios, no programa de piscicultura, no Ruas do Povo. É preciso ter oportunidade de renda, e tenho certeza de que o Juruá vai ver grandes transformações em 2013” , disse o governador Tião Viana.

Silvia Monteiro, secretária adjunta de Pequenos Negócios, ressaltou que “o mais importante é ver as pessoas enxergando o potencial que elas têm e se superando, tendo suas vidas transformadas e descobrindo que são capazes de mudar, de crescer. Isso é gratificante”.

Vereadores, entre eles o vereador eleito pelo Partido dos Trabalhadores em Cruzeiro do Sul, Valdemar Neto, e representantes da sociedade civil organizada participaram da solenidade de entrega dos equipamentos.

Agência de Notícias do Acre - Tatiana Campos - Fotos: Sérgio Vale

Add a comment (0)

Senac presta contas de 2012 e anuncia 3.600 vagas para cursos em 2013

Senac 1

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) realizou ontem (19) o encerramento de suas atividades em 2012. A solenidade, que aconteceu no Teatro do Náuas, contou com a presença de diretores de escolas, líderes religiosos, parlamentares e alunos da rede pública de ensino. Membros da instituição fizeram uma prestação de contas das atividades realizadas em 2012 e anunciaram 3.600 vagas em cursos profissionalizantes para o próximo ano.

“Estamos cumprindo a nossa missão que é educar para o trabalho em atividades de comércio de bens, serviços e turismo”, declarou o diretor-geral de Cruzeiro do Sul Izaú de Oliveira Melo, informando que a instituição formou mais de 2.000 alunos este ano. O Senac, segundo ele, tem como público-alvo a formação de jovens que estão entrando no mercado de trabalho.

Na oportunidade, ele anunciou o lançamento do Programa Senac de Gratuidade (PSG), que é uma ação da instituição para promover a inclusão social. O programa oferece, a partir de janeiro 2013, vagas gratuitas em cursos de formação inicial e continuada (aprendizagem, capacitação e aperfeiçoamento), e de educação profissional técnica de nível médio, com custo zero à população de baixa renda.

Uma das novidades para 2013 é a ampliação do número de vagas e a inclusão de outros municípios do Vale do Juruá. O PSG foi criado para atender às necessidades da população de baixa renda, cuja renda familiar mensal por pessoa não ultrapasse dois salários mínimos. Os candidatos a essas vagas devem ser alunos que estejam cursando, ou já tenham concluído, a educação básica e trabalhadores empregados ou desempregados.

“A qualidade sempre está presente nos programas educacionais do Senac, seja em cursos pagos ou gratuitos. No caso dos cursos oferecidos pelo PSG, será o mesmo conteúdo pedagógico, a mesma carga horária e o mesmo material instrucional. Os materiais didáticos, como livros e CDs, e o material de consumo dos cursos serão distribuídos gratuitamente aos alunos que fizerem parte do programa”, finalizou Izaú Oliveira de Melo.

Jorge Natal - Fotos: Chico Rocha 

Add a comment (0)

Governador entrega Ruas do Povo em Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima

Governador ruas do povo no jurua foto sergio vale 5

 

O programa Ruas do Povo tem transformado não apenas o visual das cidades acreanas, mas mudado a qualidade de vida das pessoas

O programa Ruas do Povo tem transformado não apenas o visual das cidades acreanas, mas mudado a qualidade de vida das pessoas, acrescentando bem estar e conforto. A vila Santa Luzia, em Cruzeiro do Sul, a Comunidade Lagoinha e o município de Mâncio Lima são três exemplos de como pavimentação asfáltica e o saneamento podem melhorar não apenas os indicadores de infraestrutura.

Seu Otávio Ferreira de Souza tem 78 anos. Chegou em Mâncio Lima na época em que as matas virgens ainda se faziam presente onde hoje é a sede do município. “Eu não imaginava ver minha cidade assim. Isso aqui era um lamaçal sem tamanho. A lama dava no meio do joelho. Agora é só felicidade, a gente tem o direito de andar no meio da rua e continuar com os pés limpos”, disse.

Mâncio é uma das provas do trabalho realizado pelo governo Tião Viana, que se comprometeu, ainda em campanha, que pavimentaria todas as ruas acreanas que ainda não haviam sofrido intervenção do serviço público. E tem feito isso mesmo nas cidades em que os prefeitos são dos partidos de oposição.

 Seu Otávio Ferreira de Souza, 78 anos, animado com as obras do Ruas do Povo

“Eu fui eleito para trabalhar para o povo e não o contrário. O trabalho tem que ser feito independente de cor partidária, agora é preciso reconhecer o esforço e a dedicação, o cuidado que se tem pelas nossas cidades, e ver que quem está fazendo as obras é o governo do Estado, mesmo pavimentação sendo obrigação das prefeituras. Mas nós entendemos que nem todas as prefeituras têm condições de fazer e o povo não pode ser prejudicado”, disse o governador.

Somente em Mâncio Lima foram investidos R$ 8,5 milhões em pavimentação e rede de drenagem e esgoto. Ao todo serão pavimentadas 51 ruas. Vinte e nove já foram entregues. Em Cruzeiro do Sul, explica Gildo César, diretor do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), foram entregues mais 10 ruas na comunidade Lagoinha e 12 e na Santa Luzia, totalizando 147 ruas prontas, das 162 que entraram no planejamento do governo em 2012.

Agência de Notícias do Acre - Tatiana Campos Fotos: Sérgio Vale/Secom

Add a comment (0)

Tião Viana lança Programa de Arborização do Estado do Acre

Tião Viana meioambiente plantando

 

 

 

 

Plantar árvores em todas as cidades do Acre, que embora localizadas em meio à Amazônia brasileira, são pouco arborizadas segundo os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana. Esse é o objetivo do Programa de Arborização Urbana do Estado do Acre, lançado na manhã desta quinta-feira, 13, no auditório da Biblioteca da Floresta. O documento ficará disponível para consulta pública por dois meses e será implementado a partir de março.PROGRAMA tem como objetivo plantar árvores em todos os municípios acreanos

O programa foi construído a partir de uma determinação do governador Tião Viana, que constituiu um grupo de trabalho para elaborar o documento, que agora está sujeito a consulta pública. O professor Edegard de Deus, secretário de Meio Ambiente (Sema), explicou que as cidades acreanas não atendem as recomendações de área verde por habitante, que é de 15 m² por habitante. “Rio Branco tem 9,7 m² por habitante, e as demais cidades ficam bem atrás. Vamos nos mobilizar para atingir a meta”, disse.

O grupo de trabalho instituído pelo governo do Estado é formado por instituições públicas, privadas e da sociedade civil, sob coordenação da Sema. Segundo o governador Tião Viana, plantar árvores é uma enorme demonstração de amor pelas cidades. Vamos mudar a cara das cidades. Esse programa simboliza qualidade de vida, conforto, melhor sensação térmica”, comentou.

EDEGARD de Deus: cidades acreanas não atendem as recomendações de área verde por habitante

O governador determinou que cada secretaria adote uma rua para arborizar, como forma de fortalecer a mobilização. O deputado estadual Geraldo Pereira prestigiou o lançamento do programa. Uma das ações do programa é a campanha “Vamos plantar árvores nas cidades do Acre”.

Escrito por Tatiana Campos

Add a comment (0)