Aerobran nega pane em voo de deputados no fim de semana e diz que aeronave está regularizada junto a ANAC

O Setor de Operações e Segurança Operacional da Aerobran Taxi Aéreo Ltda esclareceu na manhã de hoje (27) que não houve pane – como alguns jornais publicaram nos dias 25 e 26 de maio – noticiando o incidente que provocou a abertura da porta dianteira do avião BE58 (Baron), no voo que transportava deputados estaduais da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Acre entre as cidades de Santa Rosa do Purus e Cruzeiro do Sul.

Esclareceu ainda, que a porta dianteira não arrancou e que nesse procedimento, conforme determina o manual de operações, o piloto agiu corretamente em continuar a decolagem e retornar para pouso normal.

“O manual do próprio fabricante Beechcraft menciona no capítulo 3-22 que em procedimentos anormais a porta dianteira pode abrir e recomenda continuar a decolagem e retornar para pouso normal e só fechar a porta com a aeronave parada em solo” afirma a empresa.

Ainda de acordo a direção da Aerobran, a aeronave está com status operacional e com as revisões em dias, assim como o piloto tem habilitações e exames médicos regularizados junto a Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC.

“Lamentamos o que aconteceu. A Aerobran tem mais de 20 anos operando nessa região do Juruá sem o registro de nenhum acidente aéreo” conclui a direção.

 

Add a comment (0)

Brasileiro Rodrigo Gularte é executado na Indonésia

 G1, em São Paulo

Ele foi condenado à morte por tráfico de drogas em 2005. É o 2º brasileiro executado por pelotão de fuzilamento no país este ano.

O brasileiro Rodrigo Gularte foi preso em 2004 por tráfico de drogas na Indonésia (Foto: AFP)

O brasileiro Rodrigo Gularte, de 42 anos, foi executado na Indonésia na madrugada desta quarta-feira (29) – horário local, tarde de terça-feira (28) no horário de Brasília, segundo a emissora local TV ONE e o diário “Jakarta Post”. A informação foi confirmada à rede britânica BBC pelo advogado do paranaense. Ele havia sido condenado à morte por tráfico de drogas, e a pena foi executada por um pelotão de fuzilamento.

De acordo com a emissora 9news, da Austrália, outros sete condenados foram executados. A única mulher condenada, a filipina Mary Jane Veloso, não teria sido executada porque a pessoa que a recrutou para transportar drogas se entregou às autoridades.

O paranaense Gularte foi preso em julho de 2004 depois de tentar ingressar na Indonésia com 6 quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Ele foi condenado à morte em 2005.

Ele é o segundo brasileiro executado no país este ano – em janeiro, Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, foi fuzilado. Ele também cumpria pena por tráfico de drogas.

Gularte foi diagnosticado com esquizofrenia por dois relatórios médicos no ano passado. Em março, uma equipe médica reavaliou o brasileiro a pedido da Procuradoria Geral indonésia, mas o resultado deste laudo não foi divulgado.

Familiares e conhecidos relataram que Gularte passava seus dias na prisão conversando com paredes e ouvindo vozes. Dizem que ele se recusava a tirar um boné, que usava virado para trás, alegando ser sua proteção.

Angelita Muxfeldt, prima de Gularte, passou os últimos meses na Indonésia tentando reverter a decisão. Ela esteve com ele pela última vez na tarde de terça, no horário local, horas antes da execução.

Angelita contou que não disse ao primo claramente o iria ocorrer, e que ele não sabia o que iria acontecer, apesar de ter sido informado no sábado (25) da execução iminente. Segundo a brasileira, ele sofre de delírios e não entendeu que seria executado, acreditando que ainda seria solto.

Além do brasileiro, sete outros suspeitos foram executados. Todos foram condenados por tráfico de drogas e tiveram seus pedidos de clemência rejeitados. Eles são os australianso Myuran Sukumaran e Andrew Chan, os nigerianos Martin Anderson, Okwudili Oyatanze, Sylvester Obiekwe Nwolise e Jamiu Owolabi Abashin e o indonésio Zainal Abidin. A filipina Mary Jane Veloso foi poupada.

A Austrália e as Filipinas também tentaram diversos recursos para adiar as execuções, além de realizarem pressão diplomática, mas sem sucesso.

Montagem com fotos de oito dos condenados à morte por tráfico na Indonésia: acima, a partir da esquerda, os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan, a filipina Mary Jane Veloso e o nigeriano Martin Anderson. Abaixo, os nigerianos Jamiu Owolabi Abashi (Foto: AFP Photo)

Crise diplomática
Em janeiro, o fuzilamento de Marco Archer gerou uma crise diplomática entre o país asiático e o Brasil.

A presidente Dilma Rousseff se disse “consternada e indignada” com o ocorrido e convocou o embaixador brasileiro em Jacarta para consultas.

Em fevereiro, Dilma decidiu adiar o recebimento das credenciais do novo embaixador da Indonésia em Brasília para reavaliar a situação bilateral entre os dois países. Em represália, o Ministério das Relações Exteriores indonésio chamou de volta ao país o embaixador no Brasil, Toto Riyanto, e convocou para uma reunião o então embaixador brasileiro em Jacarta, Paulo Soares, que deixou o comando da chancelaria indonésia em março.

Atualmente, a embaixada do Brasil em Jacarta está sendo chefiada, interinamente, por Leonardo Monteiro, encarregado de negócios da chancelaria indonésia.

A Indonésia reforçou suas penalidades por crimes de tráfico de drogas e voltou a realizar execuções em 2013, depois de uma pausa de cinco anos.

Add a comment (0)

Programa Senac na Comunidade chega a Cruzeiro do Sul

Após sucesso da primeira edição do Programa Senac na Comunidade (PSC), realizada na capital, a direção do Senac, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado, se prepara para interiorizar a ação do programa no município de Cruzeiro do Sul na Escola Dom Henrique Ruth em dia 30 de abril. O principal objetivo do programa é oferecer oportunidade ao maior número de pessoas em condições de vulnerabilidade social através da educação profissional.

O Senac/AC, com apoio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio/AC), lançará novamente o (PSC), com o slogan “Promovendo oportunidades em favor da paz”, oferece uma vasta programação ao público de várias faixa etárias através de oficinas, palestras, minicursos,  brincadeiras e atividades esportivas.

Durante o dia todo, serão ofertados serviços na área de saúde como aferição de pressão, teste glicêmico, vacinação, teste de IMC, palestras sobre tabagismo, etilismo e planejamento familiar. Na área relacionada à beleza, os serviços se relacionaram à pintura em tela, corte de cabelo, tranças, penteados e automaquiagem e manicure/ pedicure. Na área de hospitalidade, turismo e lazer, serão ofertadas oficinas com abordagens referentes ao aproveitamento de alimentos e produção de minipizzas.

De acordo com a diretoria de educação profissional da instituição, a ação tem perspectiva de publico de 3 mil pessoas. “Nós lançamos um projeto piloto desse programa em Rio Branco, com o sucesso e o resultado positivo elaboramos uma nova edição do programa em Cruzeiro do Sul como forma de aproximar mais a instituição da comunidade”, destaca o diretor.

O projeto, elaborado em várias mãos, tem o intuito de ganhar força e chegar mais próximo da comunidade, atendendo mais escolas do interior do estado. A ideia, de acordo com o Abrão Maia, é dar oportunidade ao jovem que fora da sala de aula não ocupa seu tempo na busca da educação, o que o torna vulnerável e sem capacitação para ingresso no mercado de trabalho.

Visando atender principalmente alunos da rede pública de ensino, a parceria se consolida com a Secretaria de Educação e Esporte, identificando as demandas de cada município e as condições necessárias para colocar em ação o plano. 

 

 

Add a comment (0)

Comunicadores do Vale do Juruá criam associação para defender direitos da classe

Elson Costa

Um grupo formado por jornalistas, radialistas cinegrafistas, fotógrafos, editores e outros profissionais que militam na imprensa da região fundou recentemente a Associação dos Comunicadores do Vale do Juruá que tem como objetivo principal defender os interesses da classe que no exercício da função enfrenta problemas de intolerância, abuso de autoridade, além de ações de danos causados pela divulgação das notícias.

A primeira diretoria eleita tem como presidente o repórter cinematográfico João Dias, da Rádio e TV Verdes Florestas, que atua no ramo há 28 anos e destacou que a criação da entidade se deu por conta da recente prisão abusiva de um repórter que trabalhava durante o carnaval. Ao registrar a prisão de um policial civil o profissional foi preso por outros policiais civis e teve seu material apreendido e destruído de forma arbitrária.

“ Não podemos mais suportar esse tipo de abuso”, enfatizou João Dias ao explicar que a associação nasce com o objetivo de unir os profissionais e regularizá-los junto ao Sindicato dos Jornalistas do Acre (Sinjac), legítimo defensor dos profissionais da classe, mas que ainda não tem uma atuação forte na defesa dos jornalistas e profissionais da comunicação no interior.

O presidente ressalta que entidade vai associar os profissionais que fazem comunicação nos municípios de Feijó, Tarauacá, Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo e regularizá-los junto ao Sinjac, cuja parceria já foi garantida pelo presidente do sindicato que parabenizou pela criação da associação ao reconhecer que está sendo necessária uma maior atenção com os profissionais da região.

“ Nossa associação está criada para defender os profissionais que muitas vezes, no exercício da profissão, enfrentam dificuldades e não tem a quem recorrer. Os profissionais e a comunidade aprovaram a ideia e tem visto a entidade como algo muito necessário. Nós jornalistas não mostramos apenas coisas ruins, mostramos muitas coisas boas e até soluções importantes para a comunidade”, disse.

João Dias participou na semana passada de uma atividade do Sinjac em Tarauacá, onde um repórter foi acionado judicialmente por um vereador que se sentiu ofendido por uma matéria publicada e impetrou ação de danos morais contra o mesmo. Depois da manifestação dos profissionais e de entendimento a situação foi resolvida e as partes entraram num acordo, mostrando a importância da representatividade da classe.

“ Participamos de um manifesto em Tarauacá que resultou numa solução boa para um problema vivido por um profissional. O repórter Acionildo fez uma matéria jornalística e não citou nome de nenhuma pessoa, mas um vereador se sentiu ofendido e entrou na Justiça por danos morais. Reunimos as partes que chegaram ao entendimento e de forma inteligente resolveram a situação de forma amigável”, informou.

O presidente afirmou que a associação está em fase de legalização e logo que a parte burocrática seja concluída será realizada a posse da primeira diretoria numa solenidade que será realizada na Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul onde todos os profissionais da classe, além das autoridades e da sociedade civil serão convidados para prestigiar o momento importante da classe.

A primeira diretoria ficou assim constituída: Presidente: João Dias (repórter cinematográfico e editor de imagens); vice-presidente: Joseilson Correia (Dedi - repórter cinematográfico); 1ª Secretária: Vanísia Nery (jornalista); 2ª secretária: Tais Nascimento (repórter); tesoureiro: Paulo Amorim (jornalista); 2º Tesoureiro: Marinaldo (repórter cinematográfico). Conselho Fiscal: presidente: Edilberto (empresário); 1º membro: Adelcimar Carvalho (radialista) e 2º membro: Iorramei (radialista).

Ao destacar o trabalho dos profissionais da comunicação da região João Dias lembra que desde muito tempo um grande número dos profissionais que se destacam na mídia da capital são cruzeirenses ou já trabalharam nas empresas de comunicação da região numa clara demonstração da qualidade dos profissionais que trabalham com seriedade e fazem uma comunicação de qualidade.

Ao finalizar o presidente informou que a diretoria da associação vai trabalhar para garantir alguns benefícios para os associados e firmar parcerias com empresas comerciais nos municípios da região. João Dias destacou recente conversa, num café da manhã, com diretores do Serviço Social do Comércio (Sesc) que está implantando moderna área de lazer onde os associados serão contemplados.

Add a comment (0)