Comandante do Nasch Dr. Montenegro visita o médico Dr. Braga


O comandante do Navio Hospital Dr. Montenegro (Nash Dr. Montenegro), Capitão de Corveta André Teixeira, visitou na manhã desta sexta-feira (13) o médico Dr. Manoel Braga Montenegro, nas vésperas de seu aniversário de 90 anos. Dr. Braga, como é mais conhecido, foi homenageado pelo governador Orleir Cameli que colocou seu nome na embarcação que leva atendimento a milhares de ribeirinhos do Rio Juruá.

Na visita de cordialidade e agradecimento o comandante do Nash Dr. Montenegro presenteou o médico que dedicou mais de 50 anos de sua via a prática da Medicina no Juruá com um belo quadro. Depois de formado Dr. Braga retornou a sua cidade natal onde permanece até hoje, já aposentado. Durante muito tempo era o único médico da região e atendia os pacientes do Hospital Geral de Cruzeiro do Sul e da Santa Casa de Misericórdia. Nos casos mais graves ele mesmo aplicava a anestesia e depois realizaca as cirurgias.

“A figura ilustre que dá o nome ao navio ainda está viva e lúcida. É muito gratificante ao comandante do navio poder visitar essa pessoa”, destacou o comandante do Nash Montenegro que foi construído pelo Governo do Estado do Acre, na gestão do ex- governador Orleir Cameli, no ano de 1997, para aprestar atendimento médico à população ribeirinha do Rio Juruá.

Após entendimentos entre o Ministério da Saúde , o Governo do Estado do Acre e o Comando da Marinha do Brasil, ficou decidido que o Navio seria transferido para Marinha por contrato de Cessão de uso e foi incorporado a frota da Marinha do Brasil, na Estação Naval do Rio Negro, em Manaus, em maio de 2.000.

Add a comment (0)

Comitiva de empresários visita obras do Centro de Turismo e Lazer em Cruzeiro do Sul

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio) apresentou nesta quarta-feira, 11, as obras do Centro de Turismo e Lazer do Serviço Social do Comércio (Sesc) no município de Cruzeiro do Sul, a aproximadamente 623 quilômetros de Rio Branco a uma comitiva de empresários. A estrutura do empreendimento é inovadora do que diz respeito à hotelaria em todo o Estado.

O presidente da Fecomércio, Leandro Domingos, afirmou que a obra deve mudar o conceito de turismo no município. “Queremos atrair ainda mais as pessoas a visitarem o local. O empreendimento é amplo, com uma magnitude pouco vista aqui no Estado. Então, esperamos que haja um maior crescimento no turismo no Juruá, além de gerar emprego e renda no município”, acrescentou.

O empresário João Tota era dono do terreno onde hoje se localiza o Centro de Turismo e Lazer, e se diz impressionado com as mudanças. “Vejo, agora, o crescimento de Cruzeiro do Sul com este empreendimento. A cidade tem muito potencial e, a partir do momento que fazemos com que este turismo cresça, com obras deste tamanho e complexidade, atraímos mais pessoas a nossa cidade”, esclareceu.

São 55 mil metros quadrados de construção e urbanização, além de Áreas de Preservação Permanente (APP). A unidade dispõe de 63 unidades habitacionais - entre quartos comuns e duplos-; bloco de saúde com academia e lanchonete; bloco administrativo; bloco específico de lanchonete para atendimento da unidade; um palco, com vestiário e camarim; ginásio poliesportivo; campo de futebol com grama sintética; e parque aquático, com piscina semi-olímpica, infantil e biriball.

Além disso, o empreendimento dispõe de guarita e solarium, espécies de guarda-sois à beira da piscina. O hotel possui, ainda, uma barragem artificial com deck, onde serão realizados ecoesportes,  como tirolesa e passeio de barco.

Add a comment (0)

Novas medidas emergenciais: trânsito no Centro da capital é fechado

Por Samuel Bryan e Ana Paula Pojo

Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, 3, na Casa Rosada, o governador Tião Viana se reuniu, com a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), para tratar das novas orientações e medidas emergenciais a serem adotadas em Rio Branco. Com o Rio Acre na marca de 18,11 metros, a principal medida é a interdição do Centro da cidade para veículos de passeio, sendo permitido a partir das 12 horas apenas o tráfego de veículos grandes de apoio e ônibus. A Quarta Ponte também será interditada.

Quarta Ponte da capital também será interditada (Foto: Secom)

“É necessário orientar que o comércio suspenda temporariamente as vendas no Centro de Rio Branco, ao passo que o Detran, em conjunto com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito [RBTrans], já inicie uma nova operação para reorganizar o trânsito na capital”, informou o governador.

Segundo o diretor-geral do Detran, Gemil Salim de Abreu Júnior, o comércio ocasiona um grande fluxo de carros e pessoas, o que dificulta o trabalho de socorro às famílias atingidas pela alagação.

A preocupação maior do governo atualmente é com a captação e tratamento de água na capital. A partir de 18,20 metros de cheia do Rio Acre, o Departamento de Pavimentação, Água e Esgoto (Depasa) considera que haverá uma redução significativa na capacidade de funcionamento da Estação Tratamento de Água (ETA-2). “Essa é nossa maior preocupação atualmente: manter o abastecimento de água da capital em pleno funcionamento”, reforçou o governador Tião Viana.

Detran e Rbtrans indicam mudanças no trânsito

RBTrans destaca que é importante que os condutores sigam as orientações indicadas pelas autoridades (Foto: Secom)

O Detran e a RBTrans trabalham em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), ações que priorizem o atendimento à população. Para isso, alguns trechos como a Avenida Ceará, entre a sorveteria Pinguim e o Centro, e a Rua Floriano Peixoto que dá acesso ao bairro da Base, serão interditados. A interdição segue ainda, pela Avenida Getúlio Vargas até o Colégio de Aplicação, se estendendo à Avenida Brasil, que segue do Terminal Urbano até o Sesc do Centro.

“Nos locais interditados, só terão acesso ao tráfego ônibus, caminhões de socorro, de transporte de alimentos, segurança pública e veículos que estejam prestando auxilio, devidamente identificados”, explicou Gemil.

Sobre o tráfego de ônibus

O superintendente da RBTrans, Nélio Anastácio, informou que as frotas do transporte urbano não serão reduzidas na capital, e é importante que os condutores sigam as orientações indicadas pelas autoridades.

“A partir deste momento todos os condutores que precisarem acessar o Segundo Distrito devem fazer esse percurso pela Via Verde, pois o trânsito na [Avenida] Ceará está ficando impraticável”, ressaltou o superintendente.

O secretário adjunto de Segurança Pública, coronel Ricardo Brandão, também reiterou que os trabalhos de segurança serão intensificados e o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) trabalha de maneira reforçada.

Ponto facultativo até sexta-feira

Em razão das mudanças e novas medidas adotadas, o governador decidiu estender os decretos de ponto facultativo no estado até sexta-feira, 6. Apenas serviços essenciais, como nas áreas de saúde e segurança, serão mantidos neste momento.

O Instituto Federal do Acre (Ifac) também anunciou, nesta terça-feira, 3, a suspensão das aulas nesta semana.

Crédito

Representantes da Caixa Econômica Federal também estiveram presentes à coletiva e anunciaram a pausa na cobrança de empréstimos e financiamentos de até 60 dias para pessoas física na modalidade CDC e crédito consignando. Para os empresários, a negociação das dívidas será feita a partir da situação de cada um, mas a Caixa já está oferecendo novas linhas de crédito e renegociação dos juros.

Add a comment (0)

Nível do Rio Acre apresenta vazante em Brasileia

Por Andrey Santana e Maria Meirelles

Nas primeiras doze horas desta quarta-feira, 25, o Rio Acre baixou doze centímetros em Brasileia. Apesar de o nível das águas ainda estar muito acima da cota de transbordamento, a vazante pode ser percebida pela marca da água nos imóveis. Em cerca de 20 horas, o manancial baixou 38 centímetros, registrando às 16 horas, a marca de 15,08 metros.

“Agora, vamos para outra missão: prestar assistência às famílias que precisam fazer a travessia nos pontos alagados da cidade, pois é uma travessia perigosa e algumas pessoas estão se aproveitando desse momento difícil para subtrair bens da população. Vamos permanecer o tempo que for necessário em Brasileia”, garantiu o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Gundim.

Servidores estaduais auxiliam nos trabalhos de assistência (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Na última terça-feira, 24, o nível das águas do Rio Acre em Brasileia alcançou a marca histórica de 15,46 metros – mais de três metros acima da cota de transbordamento, superando ainda os 14,72 metros registrados em 2012.

Até o meio-dia, 286 famílias estavam em 23 abrigos públicos e outras 496 haviam sido conduzidas pela Defesa Civil a casa de parentes e amigos, totalizando 2.493 pessoas. Em Epitaciolândia, 94 e 254 respectivamente, totalizando 3.713 pessoas. Segundo o Corpo de Bombeiros, esse número pode ser ainda maior, uma vez que diversas pessoas saíram por conta própria.

“O governo do Estado já disponibilizou todas as secretarias envolvidas direta e indiretamente para realizar os atendimentos dentro dos abrigos. Estamos fazendo um acompanhamento diário, 24 horas, para essas pessoas”, afirmou Carlos Batista, coordenador da Defesa Civil Estadual.

Mobilização

Mais de 400 servidores estão mobilizados para ajudar as famílias atingidas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Equipes compostas pelo Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Polícia Militar, Exército e dez secretarias estaduais estão prestando assistência integral às vítimas da região de fronteira. Mais de 400 servidores estão envolvidos na operação. Em Epitaciolândia, 348 famílias foram afetadas diretamente pela catástrofe, somando 1.220 pessoas.

Segundo subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Roney Cunha, a previsão é de chuva para a região. “De ontem para hoje o Rio Acre [em Brasileia] apresentou uma vazante, mas nós ainda temos informações de chuva. Portanto, a situação de monitoramento constante continua. Neste momento, ainda não há possibilidade nenhuma de retorno das vítimas às suas casas”, explicou.

Em Assis Brasil, o Rio Acre também apresentou sinais de vazante. A última medição registrou o nível de 6,58 metros. O município está abaixo na cota de alerta, que é de 11,30 metros.

Add a comment (0)