Dia do Intérprete de Libras é comemorado

Libras 1

Rubiluci Almeida (Setor de Comunicação e Eventos do NSEE

“Viver no mundo do silêncio não é fácil. Nós intérpretes podemos com nossas mãos combater este silêncio e apresentar aos surdos, o mundo que eles não podem ouvir”, relatou Poliana Sarah, intérprete do Núcleo de Apoio Pedagógico a Inclusão (NAPI), na comemoração da manhã de sexta-feira (26), organizada no setor, em homenagem ao Dia do Intérprete de libras.

Libras 2

A coordenadora do Núcleo de Inclusão, Darcy Nicácio, parabenizou e agradeceu aos intérpretes pelo trabalho que desenvolvem no NAPI e nas escolas de Cruzeiro do Sul destacando que o importante é dar o apoio que estiver ao alcance para promover cada vez mais uma sociedade justa e digna para todos.

“Esses profissionais melhoram a comunicação entre as duas comunidades e estabelecem pontes que nos ajudam a superar barreiras. Nosso dever é contribuir para a inclusão e integração das pessoas com necessidades especiais da melhor maneira possível, seja ela qual for”, disse Darcy.

Libras 3

A ação do intérprete de libras é uma ferramenta riquíssima na integração e valorização das pessoas surdas, por isso, o maior aprendizado não vem apenas de um curso de Libras, mas principalmente do contato diário com a comunidade surda, conhecendo toda uma cultura que envolve o ser surdo, as leis que asseguram seus direitos, bem como, deveres de uma profissão.

A importância desse trabalho de inclusão faz com que o reconhecimento seja apenas uma forma para que esses profissionais possam mostrar aos jovens praticantes e seus familiares que todos são capazes independente das barreiras que irão encontrar.

Libras 4

 Em agradecimento alunos surdos abrilhantaram o evento com apresentações de teatro e dança, além de um vídeo produzido, retratando o papel dos intérpretes e suas características. No final foi saboreado um delicioso lanche.

 

Powered by Bullraider.com