Instituto Dom Moacir certifica 128 educandos em cursos profissionalizantes

Schneider 1

 

Formandos dos cursos profissionalizantes tem mais potencial de colocação no mercado de trabalho

Agência de Notícias do Acre - Flaviano Schneider

O compromisso do governo do estado com a educação profissional teve mais uma importante etapa cumprida em Cruzeiro do Sul com a certificação de 128 educandos em cursos de formação inicial e continuada nesta quinta-feira (5). Foram oito turmas em seis áreas: manicure e pedicura, cabeleireiro (2), costureira (2), recepcionista, operador de computador e eletricista.

Os cursos são todos oriundos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e foram ministrados pelo Centro de Formação e Tecnologias da Floresta (Ceflora), escola pertencente à estrutura do Instituto Dom Moacir (IDM).

Schneider 2

Rita Paro entrega certificado de recepcionista para Tamar Moreira Lima

A diretora-presidente do Instituto Dom Moacir, Rita Paro, esteve na solenidade e parabenizou os formandos para a nova fase da vida que se inicia trazendo também o abraço do governador Tião Viana a todos. Segundo disse, o governo leva a educação profissional para todas as comunidades independente de se situarem na zona urbana ou rural pois sabe que isto tem trazido uma transformação na vida das pessoas.

Rita Paro anunciou que neste final de semana também vai certificar 13 indígenas da Comunidade República (Nukini) no Rio Moa em curso de apicultura.

Acompanhamento

O IDM acompanha os egressos de seus cursos, segundo Rita Paro, e o que se observou ao longo dos tempos é que muitas pessoas saíram do CAD Único, muitas conseguiram colocação no mercado de trabalho e outros formaram seus pequenos negócios.

O coordenador do Ceflora, Evilásio Lima dos Santos, dá um exemplo que ilustra isto: dos 28 formandos que concluíram o curso técnico em Agropecuária em Cruzeiro do Sul, apenas dois não estão trabalhando na área isto porque tem outros empregos.

Schneider 3

Francisca Geane acabou de se formar mas já trabalha e está montando um pequeno salão em sua residência

A cabeleireira certificada Francisca Geane de Oliveira nada conhecia do ofício antes de fazer o curso, mas já está trabalhando. “Já estou ganhando um dinheirinho e estou montando um pequeno salão em minha residência” – disse.  

Powered by Bullraider.com