Garganta de Ouro: Evenílson Souza é a emoção do jogo

Evenilson garganta de ouro

Um garoto franzino que morava em Porto Walter e apreciava a narração dos jogos de futebol feitas pelo professor Sebastião Correia, na beira do gramado. A paixão pela profissão surgiu na adolescência quando escutava as transmissões das partidas de futebol pela Rádio Nacional de Brasília. A narração de José Carlos Araújo, da Rádio Globo, um dos maiores narradores esportivos do Brasil e seu ídolo maior, o encantava.

Aos 16 anos foi chamado pelo professor Sebastião Correia para comentar um jogo, começando sua carreira. “Comecei a gostar da narração esportiva comentando as partidas no boca de ferro improvisado nos campos de várzea”, lembra. Hoje, Evenílson comanda as transmissões esportivas da Rádio e TV Integração FM. “Trabalhar como narrador esportivo profissional do Acre é a realização de um sonho”, destacou.

Evenílson afirma que nunca imaginou ser reconhecido como narrador esportivo profissional tão rápido e brinca que quem o vê sem um microfone não põem muita fé, mas o apelido de “garganta de ouro”, colocado pelos ouvintes e amigos faz jus ao talento de Francisco Evenílson Souza ou simplesmente Evenílson Souza, como é conhecido no meio esportivo.

O jovem narrador se destaca no interior do Estado, onde muitos torcedores que não conseguem se deslocar aos estádios, acompanham as partidas de futebol pelo rádio e vibram com a narração empolgante de Evanílson em cada lance. Com apenas quatro anos trabalhando como profissional Evanílson diz que já recebeu propostas para trabalhar em rádios da capital e até de fora do Acre.

A descoberta

O cronista esportivo lembra que estava no alto de uma árvore, fazendo a narração de um jogo da Seleção de Cruzeiro do Sul, comandada pelo repórter Adelcimar Carvalho, que realizou um amistoso com um time do município de Porto Walter. Ele narrava com um boca de ferro quando Adelcimar disse que tinha gostado da narração. “Quem me descobriu como narrador foi repórter o Adelcimar Carvalho”, garantiu.

Sete anos depois Evenílson fez o primeiro teste na rádio onde trabalha atualmente, num jogo amistoso  no Estádio Cruzeirão, em Cruzeiro do Sul. O jogo era entre o  time do Comercial Wially e os amigos do  Ex-jogador Acreano Artur,  ex-Flamengo e Porto de Portugal. Na oportunidade estavam em campo os craques Paulo Nunes, Artur, Jaime, Nunes e Júlio Cesar, autor do Gol que deu o titulo do Mundial de Clubes para o Flamengo em 1981. 

Desde, então, o narrador amador se tornou profissional e ganhou fama no interior e na capital acreana, sendo membro da Associação Brasileira dos Cronistas Esportivos (ABRACE)  e tem como marca o grito “É rede, É rede, É rede é Rede”, quando comemora e transmite às pessoas a beleza daquele momento especial para os torcedores.

Além de narrador esportivo Evenílson Souza da região trabalha também como locutor na Rádio e TV Integração, apresentando um programa de rádio nas madrugadas, das cinco às sete da manhã.

Elson Costa Foto:Elson Costa

 

 

Powered by Bullraider.com