Acreana é selecionada para exposição Mulher Artesã Brasileira em Nova Iorque

Mulher exposição NY 2

O Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), e a Associação Brasileira de Exportação de Artesanato (ABEXA), tornam pública no inicio desta semana a seleção das artesãs para a exposição Mulher Artesã Brasileira, a ser realizada na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque, Estados Unidos, no mês de setembro de 2013, e uma das componentes da seleção foi a acreana Raimunda Pinheiro (Kaxinawa).

A artesã que faz parte da Associação das Produtoras de Artesanato das Mulheres Indígenas Kaxinawa de Tarauacá e Jordão foi selecionada entre 15 artesãs em 12 estados que melhor representaram o artesanato brasileiro. A intenção é contribuir para um olhar artístico mais abrangente, sensível à diversidade de linguagens que integram o panorama da produção artesanal brasileira.

Mulher exposição NY 1Além de investigar o momento atual do artesanato no país, a exposição Mulher Artesã  Brasileira propicia às contempladas a oportunidade de aprimoramento profissional por meio de ações formadoras, tais como: ações de difusão através de uma exposição de fotografia e de objetos, participação em uma palestra, a divulgação na mídia, dentre outras.

“O PAB foi instituído com o fim de potencializar oportunidades de desenvolvimento do Setor Artesanal e gerar trabalho e renda, e programa visa preservar a cultura regional mediante o artesanato, e é exatamente isso que nós procuramos aplicar junto aos artesãos da nossa região, e através destas exposições podemos observar que o artesanato acreano esta se consolidando cada vez mais”, ressalta a secretária de turismo Ilmara Lima.

Mulher exposição NY 3

Também compõem o programa as ações de pesquisa, documentação, reflexão e divulgação através da produção visual contemporânea brasileira, tanto na forma de publicações específicas (livro de arte e documentário), para estabelecer um intercâmbio entre as diversas realidades regionais.

A avaliação dos projetos inscritos e das respectivas proponentes foi realizada por uma Comissão de Seleção composta por profissionais da ABEXA, Programa do Artesanato Brasileiro do Ministério do Desenvolvimento (PAB), Indústria e Comércio Exterior (MDIC), e do SEBRAE, no dia 12 de Março de 2013, com o objetivo de verificar as proponentes que cumpriam as exigências previstas nas instruções de inscrição.

Stael Maia - Fotos: Assessoria

Powered by Bullraider.com