Pedreiro leva sete facadas nas pernas e morre no hospital do Juruá


facada cobal6Uma das facadas atingiu a veia femural  

Um crime com arma branca tirou a vida do carpinteiro Railson Aguida da Silva, 45, que morreu vítima de sete facadas desferidas em suas pernas por um agente ainda não identificado. A ocorrência aconteceu no bairro da Cobal, por volta das 19:00, nas proximidades do Salão de Beleza do Jerry Lee. Foram cinco facadas na perna esquerda e duas na direita. Uma das facadas atingiu a veia femural levando a vítima a morte.

Uma testemunha informou que estava trafegando na Rua Rui Barbosa, com seu veículo F-1000 e ao diminuir a velocidade para passar pelos buracos que havia na estrada, percebeu que uma pessoa havia entrado na carroceria do veículo e que havia outra pessoa com uma faca na mão esfaqueando o mesmo que se defendia com a perna, momento que acelerou o carro tentando salvar a vida da vítima e parando em frente ao depósito do Big Bran, quando acionou o Samu e a policia.

Policiais militares foram acionados pelo Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp) para atender ocorrência no bairro da Cobal, nas proximidades do depósito do Big Bran, onde havia uma vítima lesionada por arma branca dentro de um veículo.

Ao chegar ao local os policiais encontraram a vítima sendo atendida pelos profissionais do Samu que o encaminharam ao Pronto Socorro do Hospital Regional do Juruá, onde foi atendido, mas não resistiu aos ferimentos.

Agentes do Departamento de Homicídios da Delegacia Geral de Policia já está investigando o caso e acredita que nas próximas horas deverá prender o autor do crime. 

facada cobal3

www.vozdonorte.com.br - Da redação 

Powered by Bullraider.com