Jovem em fuga atenta contra policiais da guarnição que o perseguia e morre atingido por um disparo de arma de fogo

jardel-morto

O jovem Jardel Moraes Gondim, 20, foi morto no início da noite deste domingo (12), no município de Rodrigues Alves, com um tiro disparado por um policial militar da guarnição que o perseguia. A vítima tinha se envolvido numa confusão no bairro do Remanso, no início da tarde, onde tinha atingido um rapaz com duas facadas e fugiu. A vítima do atentado foi atendida pelos profissionais do SAMU e encaminhado ao Hospital Regional do Juruá onde foi socorrido.

Segundo as informações do delegado Lindomar Ventura, titular da Delegacia de Rodrigues Alves e que investiga o caso, depois da tentativa de homicídio no bairro do Remanso policiais militares de Cruzeiro do Sul fizeram buscas no bairro da Lagoa onde o acusado poderia estar escondido e descobriram que ele tinha fugido de motocicleta para o município de Rodrigues Alves pela Variante da BR-364.

Na fuga Jardel fez uma jovem de refém numa casa, nas proximidades da travessia da balsa, colocando uma faca no pescoço dela e ameaçando matá-la. Depois da mãe da mesma ter investido contra ele o atingindo com uma tábua no braço ele liberou a refém e continuou sua fuga atravessando o rio. Os policiais seguiram uma pista e constataram que ele tinha atravessado o rio e acionaram a Polícia Militar de Rodrigues Alves.

Policiais militares de Rodrigues Alves localizaram o fugitivo no bairro da Favelinha e ao fazerem a abordagem Jardel investiu contra os policiais da guarnição que efetuaram um disparo atingindo-o mortalmente. O delegado plantonista informou que o fato ainda está sendo apurado e os componentes da guarnição e as testemunhas ainda não foram ouvidos.

“Sabemos que ele já vinha em fuga de uma outra ocorrência em Cruzeiro do Sul onde segundo informações do Boletim de Ocorrência teria furado uma pessoa. Agora, o fato que aconteceu em Rodrigues Alves sabe-se que ele tentou contra a guarnição, mas todos ainda serão ouvidos e as possíveis testemunhas também serão interrogadas para se concluir o caso”, afirmou o delegado Lindomar Ventura.

O corpo da vítima foi conduzido para o Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul para a realização do exame cadavérico.

Powered by Bullraider.com