Investigação da Polícia Militar aponta que foragidos da penitenciária cruzaram a fronteira e estão em Peru

busca-foragidos-4

Depois da fuga dos seis detentos da Unidade de Recuperação Social Manoel Nery, que ocorreu no final do mês de Maio, policiais do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar realizaram intensas buscas e uma minuciosa investigação na tentativa de encontrar os fugitivos, mas as informações desencontradas dadas pela população atrapalharam o trabalho e dificultaram a localização do grupo de criminosos.

buscas-foragidos-8

O subcomandante do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), major Emílio, informou que as investigações realizadas apontam que os fugitivos devem ter ultrapassado a fronteira e chegado ao Peru e ainda que eles receberam durante a fuga um grande apoio da população das comunidades por onde realizaram o percurso o que facilitou para que chegassem a fronteira e conseguissem êxito de fugir para o país vizinho.

“Durante a investigação não tivemos apoio da população, mas os fugitivos ganharam apoio das comunidades por onde passaram que lhes garantiu abrigo e alimentação. Como sabíamos que eles estavam recebendo apoio procuramos sempre passar por fora das casas próximas do caminho, mas mesmo assim não conseguimos localizá-los por que as pessoas que estiveram com eles não colaboraram”, explicou o major.

buscas-foragidos-5

Segundo o oficial da PM durante as missões os policiais militares se deslocaram a pé, de barco e em viaturas em locais de difícil acesso e na perseguição encontraram inclusive uma arma que provavelmente pertence a um dos fugitivos e na fuga foi deixada trás. A propriedade da arma não pode ser identificada porque naquele momento eles não estavam mais só, mas acompanhados com um grupo de peruanos.

“Fizemos todo esse mapeamento e acompanhamento da rota de fuga e pelo que observamos os fugitivos se dividiram em dois grupos para facilitar o deslocamento. Durante o trabalho de investigação passamos nas casas por onde eles passaram e pela narrativa dessas pessoas acreditamos que todos já tenham chegado à fronteira e chegado ao Peru”, avaliou.

Powered by Bullraider.com