Jovem atira na cabeça de outro com espingarda em Porto Walter

Um jovem de 16 anos foi atingido com um tiro de espingarda de calibre ainda não informado pela polícia, efetuado durante uma pescaria por outro jovem de 14 anos na última quinta-feira (25) no munícipio de Porto Walter. Os jovens moram na comunidade Estirão do Buenos Aires, às margens do Rio Juruá, distante cerca de duas horas da sede do município.

Segundo informações prestadas pelo tio da vítima, senhor Raimundo de Franca da Silva, o jovem foi atingido quando pescava e as razões da agressão ainda não foram elucidadas, mas provavelmente por conta de algum desentendimento entre eles. Raimundo acompanhou o jovem que foi transferido de Porto Walter para o Hospital Regional do Juruá pelo Transporte Fora de Domicílio (TFD).

No Hospital Regional do Juruá o jovem recebeu os primeiros socorros e o tio foi informado por um médico que provavelmente seu sobrinho deve ser transferido para Rio Branco pela necessidade de retirar fragmentos do chumbo que estão alojados em sua cabeça.

 

Add a comment (0)

Denúncia anônima leva PM a prender dois peruanos e encontra mais de 37 quilos de droga escondidos na floresta

Dois peruanos foram presos por militares da Polícia Militar, na tarde de quarta-feira (24), depois de uma denúncia anônima através do número 190, feita para o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) informando que dois homens e um casal estavam num carro prata transportando droga. Os policiais montaram uma barreira na vila Lagoinha, mas os envolvidos se evadiram antes da barreira.

Ao perceberam a fuga dos acusados os policiais iniciaram buscas na região e prenderam os peruanos Ever Edu Valverde, 25 e Uriel Uzias Espinoza, 32, que estavam escondidos na floresta, mas não localizaram o casal que estava junto com eles que conseguiu escapar do cerco. Junto com os peruanos foram apreendidos R$ 2 mil e S/800 (Soles) peruanos, além de duas carteiras, três celulares, quatro chips e passaportes. O veículo com placa de Rio Branco também foi apreendido.

No depoimento ao delegado os peruanos alegaram que moram em Santa Rosa do Purus e estavam na região apenas a passeio. Na manhã desta quinta-feira, depois de continuar as buscas os policiais militares encontraram 37 quilos e setecentas gramas de droga que estavam escondidas em uma área de mata nas proximidades onde os peruanos foram presos, informou o sub comandante do CPO2, major Emílio Virgílio.

Os policiais continuam as buscas na região na tentativa de localizar o casal que estava junto com os peruanos e conseguiu se evadir antes da abordagem. Depois de prestar os devidos esclarecimentos e depoimentos ao delegado os peruanos serão encaminhados a Delegacia de Polícia Federal, por serem estrangeiros e de lá para a Unidade de Recuperação Social Manoel Nery onde ficarão a disposição da Justiça.

Add a comment (0)

Investigação da Polícia Militar aponta que foragidos da penitenciária cruzaram a fronteira e estão em Peru

Depois da fuga dos seis detentos da Unidade de Recuperação Social Manoel Nery, que ocorreu no final do mês de Maio, policiais do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar realizaram intensas buscas e uma minuciosa investigação na tentativa de encontrar os fugitivos, mas as informações desencontradas dadas pela população atrapalharam o trabalho e dificultaram a localização do grupo de criminosos.

O subcomandante do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), major Emílio, informou que as investigações realizadas apontam que os fugitivos devem ter ultrapassado a fronteira e chegado ao Peru e ainda que eles receberam durante a fuga um grande apoio da população das comunidades por onde realizaram o percurso o que facilitou para que chegassem a fronteira e conseguissem êxito de fugir para o país vizinho.

“Durante a investigação não tivemos apoio da população, mas os fugitivos ganharam apoio das comunidades por onde passaram que lhes garantiu abrigo e alimentação. Como sabíamos que eles estavam recebendo apoio procuramos sempre passar por fora das casas próximas do caminho, mas mesmo assim não conseguimos localizá-los por que as pessoas que estiveram com eles não colaboraram”, explicou o major.

Segundo o oficial da PM durante as missões os policiais militares se deslocaram a pé, de barco e em viaturas em locais de difícil acesso e na perseguição encontraram inclusive uma arma que provavelmente pertence a um dos fugitivos e na fuga foi deixada trás. A propriedade da arma não pode ser identificada porque naquele momento eles não estavam mais só, mas acompanhados com um grupo de peruanos.

“Fizemos todo esse mapeamento e acompanhamento da rota de fuga e pelo que observamos os fugitivos se dividiram em dois grupos para facilitar o deslocamento. Durante o trabalho de investigação passamos nas casas por onde eles passaram e pela narrativa dessas pessoas acreditamos que todos já tenham chegado à fronteira e chegado ao Peru”, avaliou.

Add a comment (0)

Denúncia anônima leva Polícia Civil de Mâncio Lima a maior apreensão de drogas dos últimos cinco anos

 

O município de Mâncio Lima é com certeza uma das rotas preferidas pelos traficantes da região. A droga que vem do vizinho Peru entra no Brasil pelos diversos caminhos dentro da floresta na extensa fronteira que não tem nenhuma guarnição. Facilmente os traficantes introduzem uma grande quantidade de entorpecente que é vendida para os traficantes brasileiros que compram o produto que gera alto lucro.

Depois de entrar no país a droga e enviada para Cruzeiro do Sul pela rodovia AC-405 e de Cruzeiro do Sul grande parte sai para outros mercados através da BR-364. Mas, o trabalho eficiente das polícias Civil e Militar tem garantido a apreensão de grande quantidade de drogas. O apoio da população com denúncias anônimas tem sido de grande valia para o trabalho dos policiais que não estão dando trégua aos traficantes.

Na tarde deste domingo (14) agentes da Polícia Civil de Mâncio Lima, com apoio de policiais militares prenderam em flagrante o casal Cleonilson Pereira Barros, 23, vulgo “manin” e a esposa menor de idade, moradores do bairro do Telégrafo, em Cruzeiro do Sul, que transportavam quase três quilos de droga no baú de uma motocicleta Honda BIS, placa NAC 4876.

A prisão foi realizada graças a uma denúncia anônima feita ao delegado Roberto Lucena que imediatamente determinou que sua equipe fizessem o acompanhamento do casal que foi preso por volta das 13 horas, em frente ao Estádio Arena do Japiim. Em poder do casal foram encontrados dois quilos e 100 gramas de maconha e 510 gramas de cocaína pura que foram apreendidos.

Velho conhecido da polícia de Cruzeiro do Sul, Manim foi encaminhado à Delegacia de Mâncio Lima para as providências legais e será encaminhado à Unidade de Recuperação Social Manoel Nery, em Cruzeiro do Sul, onde ficará a disposição da Justiça. Ele responderá pelo crime de tráfico de drogas e poderá ser condenado de cinco a 15 anos de prisão. Sua esposa, que é menor de idade, será encaminhada ao Ministério Público para as providências da lei.

As Polícias Civil e Militar de Mâncio Lima estão fazendo um trabalho sério de combate ao tráfico de drogas e demais delitos tirando de circulação um grande número de traficantes e outros delinquentes. A apreensão de drogas deste domingo é considerada a maior do ano e também dos últimos cinco anos realizada pela Polícia Civil do vale do Juruá.

Com informações e fotos do site Manciolima.net

Add a comment (0)