Secretária de Saúde incentiva população na luta contra a malária em Cruzeiro do Sul

Secretaria de saude incentiva populacao na luta contra a malaria em Cruzeiro do SulA secretária de Estado de Saúde, Suely Melo, está no Vale do Juruá em visita às unidades de saúde e ao Samu de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves. Ela também está concedendo entrevistas ao vivo em emissoras de rádio e televisão, visando especialmente engajar a população do Juruá no combate à malária, doença que teve aumento de 20% no número de casos em 2012, em relação a 2011.  A secretária ainda falou da construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Cruzeiro do Sul, anunciando que a expectativa do governo é de que a unidade entre em funcionamento até o fim do ano.

 

Segundo Suely, a UPA já está licitada e apenas foi solicitada ao Ministério da Saúde a mudança do local. O governador Tião Viana ficou preocupado porque o espaço escolhido originalmente fica próximo ao Rio Juruá e poderia ser atingido por futuros alagamentos. Sendo assim, o novo endereço escolhido é o prédio que abrigava a Escola Craveiro Costa, no Centro. O edifício era ocupado por alguns setores da Secretaria de Educação, que já estão sendo transferidos para outros pontos.

 

Pediatras

 

O assunto dos pedidos de demissão coletiva de três pediatras do Hospital do Juruá foi abordado nas entrevistas. Segundo Suely, o problema não chegou a afetar a população, pois o governo interveio antes. Os médicos pediram demissão a partir de 31 de dezembro de 2012, mas a secretária, que estava viajando, solicitou que permanecessem no serviço até que pudesse tratar pessoalmente com eles. Ontem, ela se reuniu com os profissionais para uma “reunião produtiva” e garantiu que não haverá interrupção no atendimento.

 

Suely explica que em março ocorrerá nova licitação para a administração do Hospital do Juruá, feita a cada cinco anos. “Esse será o momento das negociações salariais”, disse. Embora reconheça que os pediatras, mesmo sendo especialistas, estão ganhando o mesmo que os clínicos, que não têm especialização, a secretária explica que o Acre teve uma perda de arrecadação do FPE de R$ 300 milhões, e isso compromete qualquer possibilidade de aumento.

 

Malária

 

“A malária me deixa sem sono há alguns anos”, disse Suely, no programa do radialista Nonato Costa, “Se liga Juruá”, na Rádio Aldeia FM. Segundo Suely, desde 2005 o governo se encontra em estado de alerta contínuo em relação à malária. Em 2011, o número de casos diminuiu em relação ao ano anterior, mas em 2012 eles voltaram a subir cerca de 20% em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves.

 

Para a secretária, o momento é de retomar o diálogo e a parceria com a população, pois há notícias de que, de cada dez casas visitadas, em oito os proprietários se recusam a permitir a borrifação intradomiciliar. Muitos também, embora com sintomas ou suspeita de malária, recusam-se a furar o dedo e fazer o diagnóstico.

 

“Entendo que as pessoas fiquem saturadas de furar o dedo quatro, cinco vezes por ano, mas é preciso saber que moramos num país tropical quente, úmido e com muita água. A região do Juruá é ainda mais propícia ao surgimento da malária porque tem muitos buritizais, muita água disponível e muito tanque de piscicultura”, afirmou. A secretária também alertou proprietários de açudes e tanques com relação à limpeza das margens e retirada de plantas aquáticas.

 

A secretária se disse preocupada com o surgimento de muitos casos de malária falciparum(causada pelo protozoário Plasmodium falciparum), a forma mais perigosa da doença, e pediu o engajamento da população. “O controle epidemiológico passa pela população. É uma ação simples, mas, como se trata do ser humano, fica complexa. Se diminuirmos a população de mosquitos, diagnosticarmos de forma precoce e tratarmos oportunamente a doença, vamos quebrar a cadeia de transmissão. Mas para isso contamos com a parceria fundamental da população. Eu acredito que ela vai aderir, não vai desistir de combater a malária junto com o governo do Estado”, finalizou.

Flaviano Schneider

 

Powered by Bullraider.com