Projeto Olhar Brasil realiza mais uma etapa de consultas e entregas de óculos no vale do Juruá

Olhar-Brasil-1Mais uma etapa do Projeto Olhar Brasil foi realizada na tarde de sexta-feira (20), no auditório do Núcleo da Secretaria de Estado de Educação, com a entrega de 111 óculos para alunos do Ensino Fundamental das escolas Estaduais e Municipais de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima, além de 100 óculos para alunos do Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos ( MOVA) de Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves. A solenidade de entrega contou com a presença do Coordenador Estadual do Programa Saúde na Escola (PSE) Rutênio Sá e de sua equipe, bem como de representantes do PSE no município.

O Projeto Olhar Brasil tem como objetivo contribuir para a melhoria do processo ensino/aprendizagem, a partir da prevenção, identificação e correção de problemas visuais em educandos matriculados na rede pública de ensino da Educação Básica, com prioridade para os do Ensino Fundamental (1ª a 8ª série/1º ao 9º ano), em alfabetizandos do “Programa Brasil Alfabetizado”, Ensino Médio e a partir da mesma ação, contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população com idade igual ou acima de 60 anos.

“O governo do Estado e toda equipe do Projeto Olhar Brasil estão de parabéns pela atenção e atendimento aos alunos e seus familiares, mas sobre tudo, pelo trabalho e respeito que dedicam à comunidade do vale do Juruá”, disse José de Souza Matos, pai da aluna Gabriela, de 10 anos, estudante da Escola José de Souza Martins, de Rodrigues Alves.

Olhar-Brasil-2No Acre o responsável pela execução do Olhar Brasil é o Programa Estadual Saúde na Escola, em parceria com as esferas municipal e federal, vem sendo executado desde 2009 e já já atendeu um total de 10.649 alunos e entregou 4.817 óculos. Deste total, somente no Alto Juruá (Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Porto Walter) foram atendidos 3.114 alunos e entregues 2.047 óculos.

O coordenador do Programa no Estado, Rutênio Sá, defende que mais do que entregar óculos pelos municípios, o objetivo da ação é transformar bons projetos em políticas públicas e elevar a qualidade de vida da população do Estado do Acre. 

“Este Governo olha todos os municípios com muito carinho, mesmo com todas as dificuldades de distância e adversidades. Hoje, temos a certeza de que não entregamos apenas óculos, mas direitos, dignidade e cidadania”, enfatizou.

Graça Almeida, responsável pelo programa em Cruzeiro do Sul ressaltou a importância das consultas oftalmológicas e óculos corretivos para todos os envolvidos na educação.

“Inicialmente as dificuldades foram enormes, mas não desistimos, a fim de melhorar o ensino e a aprendizagem, buscando amenizar ou eliminar de vez problemas como a miopia e o astigmatismo, principais problemas detectados entre os alunos e responsáveis pela desistência, repetência ou dificuldade de aprendizado”, disse.

Durante a semana o Projeto Olhar Brasil atenderá com consultas oftalmológicas, aproximadamente 294 alunos das escolas municipais e estaduais de Cruzeiro do Sul Porto Walter e do Mova e a última entrega de óculos de 2012 acontecerá no mês de Dezembro.

Mudança de vida

Olhar-Brasil-3Maria Raniely Santos de Souza, estudante de apenas 12 anos, diz que o óculos mudou seu desempenho escolar. “Isto foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Agora, vou estudar mais, me dedicar, pois estou conseguindo ver melhor”, comemorou a aluna da escola Padre Carlos, atendida pela segunda vez no Projeto.

“ O Programa Olhar Brasil é muito bom. Estou muito feliz com meu óculos e sei que a partir de hoje tudo vai mudar, vai fazer diferença na minha escolar”, mencionou a aluna de Mâncio Lima, Caroline Souza Sena , de 13 anos, da escola 1° de Maio.

Reforço a Saúde

Olhar-Brasil-4Além do atendimento oftalmológico, o Programa Saúde na Escola oferece também aos alunos da rede estadual de ensino atendimentos odontológicos, com profissionais qualificados contratados pelo governo do Estado. As unidades instaladas nas escolas de Ensino Fundamental São José e João Kubitschek são devidamente estruturadas, adaptadas, equipadas para o desenvolvimento de ações de atenção a saúde bucal e preparados para procedimentos do simples ao mais complexo, como restauração, extração, canais, limpeza e aplicação de flúor, além do trabalho educativo de orientação para escovação.

Dados comparativos entre 2002 e 2010 mostram que com o início do programa foi possível aumentar o número de pessoas atendidas com ações de prevenção e orientação relacionadas à higiene e escovação oral. Reforçando a saúde dos alunos da rede pública municipal e estadual, a Divisão de Saúde Bucal, no Acre realiza palestras e entrega de kits, com escova e creme dental aos alunos do ensino básico.

 

Rubiluci Almeida (Setor de Comunicação e Eventos do NSEE)

Powered by Bullraider.com