Gerente da Ciretran avalia trânsito em 2011

detran 1“Queremos priorizar a educação para trabalharmos a questão da consciência, que poderá ser o policial de cada condutor”

O gerente da 1a Ciretran, sargento PM Valdeci Dantas, que junto com os funcionários faz um trabalho merecedor de aplausos da sociedade, fez uma avaliação das ações do órgão no ano de 2011, destacando que apesar das 17 vítimas fatais na área urbana houve um grande avanço com referência ao ano anterior e informando que em 2012 a diretora do Detran já autorizou a implantação de mais semáforos em diversos cruzamentos, além de reforçar as equipes de educadores de trânsito que atuam na rua.

 “Entendo este número de vítimas como exagerado, mas foi bem menor do que em 2010. A estatística ideal seria zero, mas conseguimos graças a Deus uma grande redução. Para 2012 temos um planejamento para trabalhar com as associações de moradores, trabalho já iniciado em 2011 com as empresas Eletroacre, Correios, Teleredes e supermercados que tem muitos condutores, fazendo a reciclagem dos motoristas para uma direção defensiva. Neste ano vamos dar sequência ao trabalho”, disse.

Valdeci Dantas destacou a importância do trabalho de educação no trânsito mostrando que em 2011 a equipe de 16 educadores de trânsito atuou na orientação nas áreas de escolas, central e críticas da cidade, onde os condutores não respeitavam os idosos e pedestres. O trabalho de educação no trânsito alcançou a totalidade das escolas de Cruzeiro do Sul - 103 escolas e quase 30 mil alunos – e foi feito também nas vilas próximas a cidade e nos municípios de Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Tarauacá.

A ação dos agentes de trânsito e o reforço de veículos novos e motocicletas para a 1ª Ciretran e o Pelotão de Trânsito que recebeu duas Hylux e oito motos que foram distribuídas para os municípios do Juruá também contribuiu com a diminuição dos acidentes com vítimas fatais.  

“Uma das primeiras decisões da diretora Sawana em 2011 foi autorizar a instalação dos semáforos do centro da cidade, feita de forma imediata, conseguindo reduzir o número de acidentes, apesar de alguns protestos no início da implantação. Em seguida iniciamos um trabalho de educação ensinando as pessoas onde e quando atravessar para evitar acidentes de trânsito”, afirmou.  

Os investimentos no setor administrativo - que está funcionando sem problemas - a contratação de mais técnicos, a implantação da Coordenação de Educação, a expedição de documentação de veículos feita em 24 horas, além da emissão de CNH no máximo em 15 dias são conquistas comemoradas pelo gerente que abordou as principais preocupações do setor.

Quais as principais causas dos acidentes na região?

Com certeza a imprudência é um dos principais fatores de acidentes na nossa região. Parece que alguns condutores ainda não despertaram para a realidade local. Para se ter uma ideia no mês de dezembro foram emplacadas 203 motocicletas, além de 27 veículos novos, fora os que chegam já emplacados. Nossa frota tem aumentado de forma assustadora, aliados também a formação de novos motoristas. Essa é a razão do investimento na educação, além da fiscalização. Nesta semana estaremos, em conjunto com a Polícia Militar, reativando os trabalhos na rotatória da Rodoviária na estrada do Aeroporto Internacional para fazer um trabalho de educação e também de fiscalização de veículos e condutores.

Como está o comportamento dos motoqueiros no trânsito?

Os motociclistas são os que mais se envolveram em acidentes de trânsito em 2011. Recebemos um relatório do Pronto Socorro que é preocupante. Cerca de 80% das entradas de pessoas vítimas de acidentes de trânsito são motociclistas. Das vítimas fatais mais de 80% também foram motociclistas. Então, vamos fazer um trabalho de estar mais próximo deles para diminuirmos esse índice, inclusive atuando na sua formação. Estamos preocupados com os motociclistas, mas estamos com bastante disposição e ainda temos um sinal positivo do governador Tião Viana que vai trabalhar ainda mais a segurança em 2012. Queremos priorizar a educação para trabalharmos a questão da consciência, que poderá ser o policial de cada condutor. Conseguindo essa conscientização vamos com certeza em muito pouco tempo diminuir o índice de acidentes, de prejuízos materiais e vidas perdidas.

A embriaguês ao volante também é outra grande preocupação?

Para se ter uma ideia, nesta terça-feira (03), logo no início do ano, tivemos três acidentes. Em dois deles os condutores estavam embriagados. Mas, o Detran fez um grande investimento para combater esse ilícito. Temos bafômetros na Ciretran, no Pelotão de Trânsito, em Mâncio Lima, Rodrigues Alves e vamos combater com rigor, fazendo o trabalho de conscientização, mas também de repressão. A volta do subtenente S. Araújo ao comando do Pelotão de Trânsito, que é uma pessoa que se empenha muito neste trabalho é mais um reforço e juntos vamos trabalhar essa questão da fiscalização. Volto à questão da conscientização, necessária para conseguirmos um trânsito de paz.

Atualmente quais são as penalidades para quem for flagrado dirigindo embriagado?

Infelizmente consideramos que as penalidades ainda são muito brandas. O motorista que dirige sobre influencia de álcool comete uma das maiores irresponsabilidades porque está colocando em perigo a sua vida e também a de outros. Mas, o Código de Trânsito determina a suspensão da Carteira de Habilitação por um ano, pagamento de fiança de R$ 957,00 e ainda responde criminalmente.  

Capacete e cinto de Segurança?

No ano passado tivemos alguns acidentes onde se as pessoas estivessem com o cinto de segurança estariam vivas entre nós. Defino o uso do capacete e do cinto de segurança como uma questão de sobrevivência. Os condutores estão se acostumando a usar o cinto e os motoqueiros o capacete. Mas, muitas vezes eles ainda não afivelam o capacete. São procedimentos simples, mas necessários para a segurança sendo necessário ser observados por todos os condutores.    

Os investimentos em sinalização deram os resultados esperados?

Com certeza a sinalização é fundamental porque orienta o condutor. Muitos ainda não respeitam, mas a maioria já respeita. Nesta semana estaremos recebendo a visita da engenheira do Detran para a implantação de outros semáforos na cidade, como por exemplo, no cruzamento da Clínica Estela, onde houveram acidentes com vítimas fatais, na subida da AABB, no cruzamento da Alfa Veículos, além de outros locais da cidade. A diretora do Detran tem tido uma grande sensibilidade com o trânsito de Cruzeiro do Sul e já informou que o governador Tião Viana que investir ainda mais na sinalização do trânsito no município pois  o Projeto Ruas do Povo vai aumentar a quantidade de ruas com condições de tráfego de veículos para melhorar a vida das pessoas nos diversos bairros

ciretran onofre_brito_01Valdeci Dantas deixa uma mensagem aos condutores desejando um Ano Novo com muita paz no trânsito, lembrando que muitas vidas foram perdidas em 2011.

“Quero pedir aos nossos condutores que possam sempre valorizar a vida e dar preferência aos pedestres. O trânsito está ligado à vida. As irresponsabilidades cometidas tem reflexos imediatos. Precisamos que todos estejam muito atentos, os pais possam orientar os filhos para terem cuidados ao atravessar as ruas e precisamos respeitar os idosos e os deficientes. Tudo é uma questão de educação e vamos trabalhar de forma mais intensa esses cuidados. Fico feliz em ver que cerca de 70% dos condutores estão usando o cinco de segurança no centro da cidade, acatando a orientação dos educadores. Então, concluo afirmando que a paz no trânsito depende do trabalho do Estado, mas depende principalmente dos condutores. Espero que no final de 2012 possamos comemorar  um trânsito sem vítima fatal”, disse.

O Sargento da Polícia Militar Valdeci Dantas iniciou seu trabalho no trânsito de Cruzeiro do Sul nos dois últimos anos do governo Orleir Cameli, retornando em seguida a convite da nova gerência, trabalhando como Gerente de Habilitação. Em 2003 propôs o início o trabalho de educação no trânsito com mobilização da sociedade, conquistando parceiros como a Juruá Motocenter, a Real Norte, Edacre Turismo, Alfa Veículos, entre outros, que continuam com as parcerias. Em seguida foi convidado para ser o gerente da Ciretran e aceitou propondo sua permanência no Setor de Educação do Trânsito. Ele agradeceu a parceria dos empresários Edvaldo, da Juruá Motocenter (Honda), Ademar Colombo (Edacre Turismo), Zé Carlos (Alfa Veículos) e de outras empresas que sempre estão colaborando com o trabalho da Ciretran.

www.vozdonorte.com.br - Elson Costa 

Powered by Bullraider.com