Milagre: Caminhão passa por cima de motoqueiro e garupa que escapam ilesos

Acidente moto 11 moto embaixo de caminhão

Um casal que trafegava numa motocicleta Honda Titan foi surpreendido por um caminhão de placa NBB 7245, conduzido pelo motorista Bentevaldo Lima do Espírito Santo, que perdeu o freio na subida de uma ladeira na Rua Pedro Teles (proximidades do Banco da Amazônia). Ao voltar de ré o caminhão passou por cima da motocicleta conduzida por Cristian Pinheiro dos Santos, que vinha logo atrás e trazia na garupa sua namorada.

O casal e a motocicleta ficaram em baixo do caminhão. Depois do choque o motorista conseguiu freiar. Para espanto de uma pessoa que viu o acidente a mulher rapidamente saiu de baixo de caminhão ilesa, apenas com arranhões. Em seguida o motoqueiro também conseguiu sair também com escoriações. A mulher foi socorrida pelos profissionais do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e encaminhada ao Pronto Socorro do Hospital porque estava com uma grande dor de cabeça.

Ainda sob o forte impacto do acidente Cristian afirmou que não deu tempo escapar. “ Não esperava que o caminhão descesse de ré e passar por cima de nós. Foi muito rápido e não deu para fazer nada. Vinha subindo a ladeira e o caminhão desceu rapidamente. Caímos, mas, graças a Deus, conseguimos sair de cima da moto”, disse o motoqueiro.

As marcas nos capacetes mostram o grande impacto das cabeças deles no asfalto no momento que ficaram em baixo do caminhão. O uso correto dos capacetes, que estavam travados, pode ter salvado a vida do casal.

Elson Costa - Fotos: Elson Costa

Add a comment (1)

Caminhão invade casa no bairro da Várzea, mas ninguém se fere

Caminhão desgovernado 2 tttt

Um caminhão Mercedes Benz azul, placa MZZ 5181, desgovernado, invadiu uma residência no bairro da Várzea, por volta das 14:25 horas de sábado (02). Ao fazer a curva a porta do veículo se abriu e quando o motorista Marcio Cleiton Silva dos Santos, 30,tentou fechá-la perdeu o controle, entrou na varanda da casa e só parou depois de bater e derrubar a parede da sala.

A proprietária da casa, senhora Maria José Oliveira, 32, estava dormindo num dos quartos da casa no momento do acidente, mas não se feriu e saiu ilesa. Segundo ela os filhos estavam assistindo televisão e acordou com o barulho e a casa tremendo. Ao abrir a janela viu o caminhão dentro da residência.

O motorista do caminhão teve apenas ferimentos leves no braço e foi socorrido por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Depois de medicado apresentou-se na delegacia e depois de prestar depoimento foi submetido ao teste do bafômetro e em seguida liberado por não apresentar sinais de embriaguês.

Com o impacto a estrutura da casa ficou comprometida. Paredes, colunas e vigas ficaram com muitas rachaduras e devem passar por uma perícia para se ter uma avaliação dos danos. O caminhão derrubou um portão de ferro e bateu num veículo e numa motocicleta que estavam na garagem da casa.

Para retirar o caminhão de dentro da casa os homens do Corpo de Bombeiros tiveram que serrar a cabine que ficou destruída. Vizinhos informaram que no momento do impacto ouve um grande estrondo e pensavam que a casa tinha caído.

Elson Costa - Fotos Aureo Neto

Add a comment (0)

Ciretran leva educação e lazer aos bairros

Ciretran 1

A 1a Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) está levando educação de trânsito e lazer para os bairros. O projeto, chamado de Gincana de Educação no Trânsito nas Associações de Moradores dos Bairros de Cruzeiro do Sul, realiza atividades de conscientização no que diz respeito à educação no trânsito e, aproveitando o período de férias, também está proporcionando lazer e entretenimento às crianças dos bairros afastados.

 

Munidos de brinquedos e guloseimas, os educadores já levaram a gincana infantil aos bairros Santa Terezinha, Miritizal, Várzea e Aeroporto Velho. O projeto em parceria com as associações de moradores conta com os seguintes apoiadores: Detran, Ministério Público Estadual, Juruá Motocenter, Edacre Turismo, Real Norte e Deas. As atividades são jogos de perguntas e respostas, paródias, poemas, adivinhas, músicas e brincadeiras.

 

“O objetivo principal, com as crianças nos bairros, é desenvolver de forma lúdica uma consciência no trânsito para que elas possam aprender brincando como se comportar. Temos uma dinâmica diferenciada de trabalhos educativos sobre o trânsito e avaliamos os conhecimentos sobre o tema através de atividades interativas”, explicou o gerente da Ciretran, Valdeci Dantas, que quer, como resultado, a preservação e redução dos acidentes, além formar uma consciência para a paz no trânsito.

 

Além da segurança e lazer, o projeto também objetiva aproximar o órgão das crianças, no intuito de fortalecer laços de respeito e cooperação para um trânsito melhor; ensinar uns ao outros por meio da competição a se comportar no trânsito; usar a criatividade ao mesmo tempo em que aprende sobre o trânsito; desenvolver, através de atividades lúdicas, uma postura consciente sobre trânsito; e fazer com que a educação no trânsito faça parte do cotidiano dessas crianças, melhorando as suas atitudes e preservando a vida.

 

www.vozdonorte.com.br - Jorge Natal 

Add a comment (0)

Proprietários de veículos podem parcelar pagamento do DPVAT 2013

valdeci dantas boa

O gerente da 1ª Circuscrição Estadual de Trânsito (Ciretran),Valdeci Dantas, informou que em 2013 o pagamento do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestre (DPVAT) poderá ser parcelado pelos proprietários de motos, ônibus, microônibus e vans, cujo imposto é mais caro do que os demais veículos.

“ A partir deste ano os proprietários dos veículos vão poder parcelar o pagamento do DPVAT e a Ciretran vai agir apenas como orientadora, pois ele mesmo vai entrar no site da seguradora e fazer o parcelamento conforme desejar. Um detalhe é que não se pode parcelar os seguros atrasados, o parcelamento só beneficia o seguro de 2013”, disse.   

Segundo Valdeci para se beneficiar do parcelamento o proprietário deve entrar no site oficial do Pagamento do DPVAT - http://www.dpvatsegurodotransito.com.br - para imprimir o boleto e pagá-lo nas agências da rede bancária. O pagamento pode ser feito em até três parcelas iguais e vence junto com o imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

O gerente destaca que o DPVAT é parte integrante da licença anual do veículo sendo necessário seu pagamento para o proprietário estar com o licenciamento do veículo em dia e cobre danos pessoais para qualquer pessoa envolvida em acidente de trânsito ocorrido nos últimos três anos, envolvendo veículo automotor de via terrestre.

A legislação define como veículo automotor terrestre aquele que tem motor próprio e roda em terra ou asfalto, ou seja, é um carro de passeio, motocicleta, caminhão, ônibus, micro-ônibus ou trator. Trens, bicicletas e barcos não se enquadram como veículo automotor de via terrestre.

Para requerer o pagamento do seguro DPVAT a pessoa precisa apresentar a documentação pessoal, Boletim de Ocorrência e Formulário de entrada no pronto-socorro, dar entrada em processo no Ministério Público e o prazo para fazer o pedido de indenização é de 3 anos a contar da data do acidente. O valor é liberado em média 30 dias após o protocolo.

www.vozdonorte.com.br - Helena Cristina é acadêmica do curso de Jornalismo da Ufac

Add a comment (0)