Ciretran projeta crescimento de 11% na frota de Cruzeiro do Sul

Ciretran valdeci

A 1a Circunscrição Estadual de Trânsito de Cruzeiro do Sul (Ciretran) projetou, para 2013, um crescimento de 11% na frota de veículos. O estudo tem por base simulações feitas com anos anteriores, principalmente depois da ligação terrestre definitiva do município. Apesar dos investimentos em sinalização, contratação de educadores, atendimento ao público, infra estrutura e a consequente redução das vítimas com morte, o trânsito ainda é considerado violento.

De acordo com o diretor da autarquia, Valdeci Almeida Dantas, o principal desafio é fazer uma “mudança de hábitos” em condutores, ciclistas e pedestres. “Essa mudança de comportamento não depende só de nós”, disse ele, destacando a ausência de calçadas e ruas esburacadas como fatores que contribuem para os acidentes. A frota saiu de 17.506 em 2011 para 19.450 veículos em 2012.

Considerando o ano como positivo, Valdeci quer implantar uma “nova filosofia”, que é atentar para as particularidades do trânsito da cidade. Ela cita o desrespeito das preferenciais nas rotatórias, o avanço no sinal vermelho, a condução sem habilitação e a superlotação dos veículos automotores.

“Vamos aumentar o poder de conversa e mobilizar a sociedade para criar uma nova cultura de paz”, almeja o diretor, afirmando que em 2012 a Ciretran atingiu 50 mil pessoas com a educação no trânsito.   

A autarquia pretende desenvolver várias atividades voltadas à conscientização da população, segundo ele, na busca por um trânsito mais pacífico. “O grupo de educadores triplicou neste ano. Chegaram veículos e foram contratados agentes de trânsito”, informou, acreditando em três combinações: educação, fiscalização e colaboração da população para que se tenha mais paz no trânsito.

 

Em Cruzeiro do Sul, durante os meses de verão, são emplacados cerca de 200 veículos, entre motos e carros. A frota da cidade cresce e a estruturação da cidade não acompanha esse aumento. Segundo o Major Alves, comandante da PM em Cruzeiro do Sul, também assustado com o número de acidentes, a fiscalização deverá ser intensificada.

"A questão da consciência é a chave e o envolvimento da sociedade civil é muito importante. As instituições têm que abrir as portas para que todos recebam instruções, especialmente a partir da infância e adolescência", ressaltou ele.  

Jorge Natal - Fotos: Arquivo Voz do Norte
 

Add a comment (0)

Motociclistas cruzeirenses presos dirigindo alcoolizados são enquadrados nas novas regras da Lei Seca

38620111109171553

Uma das fianças foi arbitrada em R$ 3 mil

Os primeiros condutores cruzeirenses a serem enquadrados nas novas regras da Lei Seca que dobrou o valor das multas foram três motociclistas abordados no final de semana por policiais do Pelotão de Trânsito da Polícia Militar. Os condutores flagrados embriagados foram presos e encaminhados à Delegacia Geral de Polícia onde tiveram que pagar multa e fiança para serem liberados.   

A primeira abordagem aconteceu no sábado (22) quanto o motociclista Jorge Carneiro da Silva foi preso por embriaguês e enquadrado no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O delegado arbitrou uma fiança de R$ 3.000,00 para a liberação do acusado.  

Frederico Silva de Oliveira, 20, foi preso por militares da Ronda Policial da PM, por volta das 18:00 horas, quando conduzia uma motocicleta Yamaha YTZ 15, placa NAA 8736, nas proximidades do semáforo da Lagoa. Os policiais perceberam que ele aparentava sinais de embriaguês e fizeram uma abordagem que confirmou a suspeita. O teste do bafômetro teve resultado de 0,66 mg/l de álcool, nível superior ao permitido.

Elton Queiroz de Lima, 20, foi preso por volta das 20:30 horas de domingo (23) quando conduzia uma passageira na garupa sem o capacete. A infração foi cometida na Avenida 25 de Agosto, proximidades da Escola João Kubtischek, onde o motoqueiro foi abordado por policiais do Giro que foram acionados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).

Ao fazerem a abordagem os policiais deram ordem para o motociclista para, mas ele não atendeu a determinação e jogou a moto em direção a guarnição do GIRO, saindo em disparada na Rua Paraná, proximidades do Quartel do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), mas foi alcançado pela viatura do Pelotão de Trânsito, nas proximidades da Escola João Kubtischek.

O motociclista foi encaminhado à Delegacia Geral de Polícia onde foi convidado à fazer o teste do bafômetro que acusou 0,68 mg/l de álcool, momento que foi dado voz de prisão. O acusado não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e também não portava documentação do veículo que foi removido para o pátio da 1ª Ciretran. Elto ficou preso na Delegacia.  

Novas regras da Lei Seca

O gerente da 1ª Ciretran de Cruzeiro do Sul, Valdeci Dantas, esclareceu que com a entrada em vigor das novas regras da Lei Seca, além do aumento da multa para o motorista que for flagrado, que teve seu valor aumentado para R$ 1.915,00, a polícia agora poderá usar testemunhos, exames clínicos e até vídeos para que o condutor responda criminalmente, mesmo que ele não sopre no bafômetro.

Até quinta-feira (21), era considerado crime dirigir com mais de 0,6g de álcool por litro de sangue ou 0,3g por litro de ar. Agora é infração dirigir com capacidade psicomotora alterada, segundo a lei. A multa pode ainda chegar a R$ 4 mil, caso o motorista seja pego novamente em menos de um ano na Lei Seca.

A Lei Seca foi criada há quatro anos. O percentual de motoristas flagrados alcoolizados caiu de 20% em 2009 para 8,6% neste ano. Nesse período, mais de 40 mil veículos foram rebocados e quase 81 mil motoristas tiveram a carteira de habilitação recolhida.

www.vozdonorte.com.br - Elson Costa

Add a comment (0)

Fiscalização de trânsito: mais de 600 veículos foram apreendidos e 49 CNH’s suspensas em Cruzeiro do Sul em 2012

ciretran1

O gerente da 1ª. Ciretran, Valdeci Dantas, fez uma avaliação do trabalho de fiscalização realizada neste ano de 2012, informando que de Janeiro a Novembro foram apreendidos 664 veículos, incluindo carros e motos. Destes 514 foram resgatados pelos proprietários. No mesmo período foram apreendidas e suspensas 49 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) pelo Departamento Nacional de Trânsito (Detran/AC).

Add a comment (0)

Operação Álcool Zero prende mais de 40 motoristas em flagrante em oito meses

Operacao Alcool Zero 2

Mais de 90 multas já foram aplicadas

Policiais do Pelotão de Trânsito e Agentes da 1a Ciretran fiscalizam condutores na Operação Álcool Zero

Os dados da Operação Álcool Zero registram que em 35 abordagens realizadas nos últimos oito meses foram presos 45 motoristas em flagrante por dirigirem embriagados, além da apreensão de 48 veículos e lavratura de 97 multas. O resultado é considerado satisfatório pelo subcomandante do Pelotão de Trânsito, sargento Orlando Rocha.

O militar destacou que em Cruzeiro do Sul ainda é grande o número de condutores que dirigem seus veículos sob efeito de bebida alcoólica, principalmente nos finais de semana, alertando que o Pelotão de Trânsito vai continuar intensificando as blitz no município para coibir os abusos e evitar que mais motoristas coloquem em risco a vida de outras pessoas.

“Nossa intenção não é perseguir ninguém, mas evitar que os maus motoristas coloquem em risco a vida de outras pessoas, principalmente quando estiverem conduzindo seus veículos sob efeito de bebida alcoólica. Estaremos atentos para coibir este tipo de irregularidade e garantir a segurança dos cidadãos, pois a imprudência tem sido a causa dos acidentes”, disse.

Mais de 48 veículos entre motos e carros foram apreendidos

O sargento informou que o trabalho das Operações do Álcool Zero tem sido uma batalha porque a grande maioria dos condutores não quer respeitar as  regras do trânsito. Em muitos casos o motorista se negam a fazer o teste do bafômetro, mas, agora, quando o policial percebe que o condutor está em visível estado de embriaguês é feito o auto de infração e o motorista é encaminhado à delegacia.

Motoristas flagrados em visível estado de embriaguê são encaminhados a delegacia

Segundo dados repassados pela Polícia Militar a grande incidência de condutores flagrados dirigindo sob efeito de bebida alcoólica são jovens e adultos. Na maioria das vezes os policiais contam com o apoio dos Agentes de Trânsito da 1ª Ciretran, que colaboram na fiscalização.  

Add a comment (1)