Toyota Hilux da Georadar desgovernada cai em barranco

Acidente-Hilux-1

Uma Toyota Hilux Prata, placa ASR 9830, da empresa Georadar, que estava estacionada na Rua Benjamim Constant, no cruzamento com a Rua Rego Barros, desceu desgovernada e cai num barranco na frente de uma residência, mas teve apenas danos materiais e nenhuma pessoa foi atingida pelo veículo que desceu desgovernado no cruzamento de muito tráfego de veículos e pessoas.

Add a comment (0)

Ciretran comemora redução de 69% dos acidentes com vítimas fatais e alerta para perigos no tráfego na BR-364

Ciretran-valdecei

“Se conseguirmos que o cidadão trafegue com conscientização no trânsito vamos dar um grande passo porque o policial vai ser sua própria consciência”, Valdeci Dantas 

O gerente da 1ª Ciretran, Valdeci Dantas, informa que o órgão está dando prosseguimento as atividades do calendário anual que no início do ano concentrou o trabalho na área central, nos bairros da cidade e também com os idosos. Nesta semana se iniciam as palestras nas vilas da zona rural começando pela vila Santa Rosa e ramais da Mariana e em seguida no Paraná do Pentencostes e Vila São Pedro.

Add a comment (0)

Grave acidente na BR-364 deixa seis mortos

BR-364-acidente-1

PRF confirma 13 vítimas em acidente com três carros que trafegavam entre Sena Madureira e Rio Branco

Um grave acidente que envolveu três veículos – uma Parati, placa NLM 1310; um Corsa, placa MZY 6646 e uma Toyota HiLux, placa MZZ-4990 - que trafegavam na BR-364, entre Rio Branco e Sena Madureira, na altura do quilômetro 42, deixou seis mortos e mais sete pessoas feridas.

Add a comment (0)

Estatística revela redução de 69% de mortes em acidentes de trânsito

Infogrficodetran 01

Os números parciais das estatísticas de acidentes trânsito do mês de maio são animadores. Todas as sessões do estudo, que é realizado mensalmente pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), apresentam redução. Porém, a mais significativa delas está nos acidentes com mortes, que apresentaram 69% de decréscimo no número de incidências e também de vítimas. A comparação é entre maio de 2011 e maio de 2012.

Add a comment (0)