Deputados do Acre e Rondônia firmam parceria para combater aumento de energia elétrica

Deputados do Acre e Rondônia firmam parceria para combater aumento de energia elétrica

Agência Aleac – Mircléia Magalhães – Fotos: Raimundo Afonso

Os deputados que compõem a Comissão de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que investiga possíveis irregularidades na conta de energia no Acre, se reuniram na manhã desta sexta-feira (11), com membros da CPI do Estado de Rondônia. Eles vieram ao Acre para visitar o parlamento estadual e para compartilhar ações e informações apuradas pelas comissões até o momento. O encontro aconteceu na sede do parlamento acreano.

A CPI de Rondônia é formada pelos deputados Alex Redano (presidente), Jair Montes (relator), Ismael Crispim (vice-presidente), Cirone Deiró e Marcelo Cruz. “Sabemos que esse é um problema que também atinge diretamente o povo do Acre, Paraíba e Mato Grosso. Recebemos relatos de parlamentares desses estados que comprovam os abusos cometidos pelas concessionárias de energia elétrica. São aumentos abusivos no valor da tarifa, cortes de forma irregular e demora na religação da energia elétrica”, detalhou o presidente da CPI de Rondônia, deputado Alex Redano.

Alex frisou ainda que a intenção é trabalhar em conjunto com a CPI do Acre. “Nós iremos nos unir para defender a nossa população. A Energisa não pode querer empurrar de goela abaixo todos esses abusos que estão sendo praticados contra o nosso povo. Nós não vamos aceitar”, complementou.

O relator da CPI do estado vizinho, deputado Jair Montes, informou que em Rondônia tem centenas de consumidores desesperados com os valores cobrados, e com plena confiança de que a CPI trará respostas para esse problema.

“Estamos nos esforçando para dá respostas positivas para o povo rondoniense. Por isso estamos buscando essa parceria com a CPI do Acre, isso fortalecerá a nossa atuação pois teremos mais subsídios e ferramentas para atuar de forma eficaz em nosso estado. Juntos somos mais fortes”, enfatizou.

Em seguida, o presidente da CPI da Energia do Acre, deputado Daniel Zen (PT), relatou ações que foram cumpridas durante as três etapas da CPI. Salientou que a primeira foi dedicada a visitas institucionais e requisições de informações.

cpi-enrgisa-01-1024x682“Recebemos um volume grandioso de dados e informações que estão sendo analisados pela equipe técnica da Aleac. Também realizamos audiências públicas com empresários e representantes comunitários, e com a população em geral. Também ouvimos técnicos de engenharia elétrica e direito tributário. Estamos trabalhando de modo firme e consistente para que a CPI resulte em melhorias no serviço de distribuição de energia elétrica no Acre. Com a parceria da CPI de Rondônia tenho certeza de que daremos respostas claras e à população”, destacou.

As duas CPI,s já começaram a detectar irregularidades, principalmente à leitura por média. “Eles querem cobrar perdas de forma aleatória de toda a população. São aumentos inexplicáveis”, afirmou o relator da CPI do Acre, deputado Cadmiel Bonfim ((PSDB).

Para o autor do requerimento que solicitou a instalação da CPI na Aleac, deputado Jenilson Leite (PSB), os abusos cometidos pela Energisa é um dos problemas mais grave que a afeta a população acreana atualmente.

 “Estamos tratando hoje com os colegas de Rondônia do problema mais grave que afeta o povo. A carga tributária é alta. Temos os problemas do interior, não temos redes que levem energia de boa qualidade. São aumentos exorbitantes na tarifa de energia. Toda essa questão tem que ser discutida e precisamos encontrar uma solução conjunta”, enfatizou Jenilson.

O deputado Roberto Duarte (MDB) frisou que os altos preços estão tirando o sono de quem ganha menos e presencia todo mês o valor da tarifa aumentar. Para ele, que foi inclusive o propositor da redução no ICMS para diminuir o valor da energia no Acre, a união das duas comissões fortalecerá o combate contra os abusos praticados pela Energisa.

“Agendamos essa reunião conjunta para trocarmos informações e para também dialogarmos sobre os problemas que estamos enfrentando com a mesma empresa. Hoje, tivemos a notícia de que o estado de Mato Grosso também criou uma CPI com mesmo objetivo. Nós iremos nos juntar, unir forças. O que queremos é garantir uma energia de qualidade e de preço justo para a população desses três estados”, disse.

O presidente do Poder Legislativo, deputado Nicolau Júnior (PP) fez questão de dar as boas-vindas aos deputados de Rondônia. Ele aprovou a iniciativa dos parlamentares. “Sabemos que esse é um problema que afeta diretamente a população do Acre. Espero que essa união entre as duas casas legislativas possa surtir bons resultados. Que possamos juntos encontrar uma solução para essa problemática. O cidadão acreano merece uma energia de qualidade e de preço justo”, afirmou.

Procon recebe quase mil reclamações de consumidores sobre contas de energia no Acre

Quem também marcou presença no encontro foi o diretor-presidente do Procon-Ac, André Gil. Não ocasião, ele informou que o órgão recebeu 951 reclamações de consumidores insatisfeitos com as contas de energia elétrica no estado do Acre desde janeiro até o início de outubro, segundo dados do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec).

Conforme o levantamento, somente entre os meses de agosto e setembro deste ano o órgão recebeu 410 reclamações sobre aumento nas contas, sendo 167 em agosto e outras 243 em setembro.

 “A grande reclamação é relacionada ao aumento, às vezes dobrando e até triplicando o valor do consumo de energia elétrica. Percebemos que as reclamações triplicaram com a força que ganhou a atuação da CPI da Energia da Aleac. Através dessa comissão a população está sendo esclarecida e tem buscado os seus direitos. O Procon está fazendo a sua parte. Por isso é importante o consumidor que se sentir lesado em seus direitos procurar o órgão, porque isso vai ser investigado caso a caso”, disse o diretor.

Ao final do encontro, o deputado Daniel Zen entregou ao presidente da CPI da Energia de Rondônia, Alex Redano, um relatório contendo as ações que foram realizadas pela CPI do Acre até o momento. Uma nova reunião será agendada nos próximos dias no estado rondoniense dessa vez, com a presença dos membros da CPI da Energia de Mato Grosso.

Além de Daniel Zen (PT), Sargento Cadmiel (PSDB), e Jenilson Leite (PSB) também participam os deputados acreanos Luis Tchê (PDT), Chico Viga (PHS) e doutora Juliana Rodrigues (PRB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*