Presidente da Eletrobrás no Acre anuncia chegada de três geradores e o início gradativo da suspensão do racionamento
Equipamentos foram alugados no Estado de Rondônia - Foto: cedida

Presidente da Eletrobrás no Acre anuncia chegada de três geradores e o início gradativo da suspensão do racionamento

Equipamentos foram alugados no Estado de Rondônia - Foto: cedida

Equipamentos foram alugados no Estado de Rondônia – Foto: cedida

s grupos geradores nesta quarta-feira (10) para a Usina da Guascor do Brasil, em Cruzeiro do Sul, que enfrenta um sério problema gerado pelo incêndio no parque de máquinas que tem gerado muitos prejuízos e um racionamento no fornecimento e distribuição da energia para bairros e municípios vizinhos deve estar chegando ao seu final nos próximos dias, anunciou o presidente da Eletrobrás Distribuição Acre, Ricardo Xavier.

Ricardo Xavier, que acompanha pessoalmente o desenrolar das ações para solução do problema, destaca que os grupos geradores que foram alugados pela Guascor e chegaram pela BR-364 já estão em fase de interligação com o sistema e deverão minimizar a situação atual de racionamento que deverá ser resolvido com a chegada de mais nove geradores que deverão estar na usina nesta sexta-feira (12).

Segundo Xavier os equipamentos foram alugados pela Guascor no Estado de Rondônia e são equipados com central eletrônica, transformadores e gerador de eletricidade o que facilitará a imediata entrada em funcionamento. No entanto, a Eletrobrás avalia que o fim dos racionamentos na região só deverá encerrar na próxima semana depois da entrada em funcionamento de todos os equipamentos que estão sendo interligados.

“ Hoje, estamos com 16 megas, mas a necessidade é de 20 a 21 e está faltando ainda uns quatro megas para solucionarmos o problema. A Guascor prevê colocar em funcionamento dois dos geradores do Pac Atual e os três novos que chegaram e já estão sendo instalados deve elevar a capacidade para 20 megas ainda hoje (quarta-feira). Ficaremos ainda na defasagem de um mega que será resolvido com a chegados dos outros geradores”, afirmou.

O presidente confirmou que os racionamentos devem ser solucionados em 100% a partir da próxima segunda-feira (15) ao enfatizar que sobre a existência de um plano B da empresa para geradores de energia de Cruzeiro do Sul a Eletrobrás não tem o poder de fiscalizar ou cobrar medidas contra a Guascor por ser uma responsabilidade da Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEL) que é a contratante do serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*