Motociclista cruzeirense, que morreu em excursão na Argentina, é sepultado sob aplausos
Fciamos com seu melhor sorriso..siga em paz!!!

Motociclista cruzeirense, que morreu em excursão na Argentina, é sepultado sob aplausos

Mais uma das viagens dos sonhos do cruzeirense Francisco Mardens, 40, que desta vez excursionava com sua motocicleta e um grupo de amigos por diversos países da América Latina – Argentina, Chile, Peru e Bolívia, foi interrompida por um acidente de trânsito que causou a morte dele e de outro colega acreano, Renato Brosonio, 33 e ainda de um argentino que viajava na caminhonete que atropelou os motociclistas. A notícia da morte chocou familiares e amigos.

A esposa de Mardens, Cirlene Ricardo, entrou em desespero ao saber da notícia através de amigos. “A família ficou sabendo por terceiros. Foi uma notícia que abalou todos nós, pois o Mardens era muito atencioso em tudo que fazia”, disse a esposa, depois de saber do acidente fatal. Ela lembrou que ele estava muito feliz em participar de mais uma excursão em sua motocicleta com outros amigos. O motociclista, que trabalhava como motorista de ônibus escolar, era filho da ex-vereadora Rocilda Sales.

O translado dos corpos enfrentou um longo processo burocrático para liberação na Argentina e em São Paulo os corpos tiveram que ser novamente embalsamados para poder seguir viagem. A chegada estava prevista para a última terça-feira (09), mas foi adiada pelos problemas e só chegou em Cruzeiro do Sul no final da noite de quinta-feira (10) no avião da Gol Linhas Aéreas, depois de 10 dias do acidente, o que aumentou ainda mais a dor e expectativa da família.

“A morte já é angustiante para toda família e essa espera foi pior ainda. Dobrou o sofrimento de todo mundo, porque foi um sofrimento não só da família, mas de toda sociedade e do grande número de amigos que acompanharam e nos apoiaram na busca para trazer o corpo do Mardens, que Graças a Deus hoje está aqui”, lamentou a mãe, Rocilda Sales, ao receber o corpo no Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul de onde foi levado para o velório na Igreja Presbiteriana.

O sepultamento de Mardens, que era apaixonado pelo motociclismo e por sua moto de alta cilindrada com a qual já tinha participado de outras quatro aventuras em países vizinhos, foi realizado na manhã desta sexta-feira (11), depois do velório, com a presença de familiares e centenas de amigos que lhe prestaram as últimas homenagens. Bom filho, bom esposo, pai, funcionário Mardens deixa muitos amigos que lamentam sua partida precoce, mas com a certeza que fazia o que mais gostava no momento da fatalidade. Na nossa simples homenagem ficamos com seu melhor sorriso. Siga em paz!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*