Nicolau Júnior questiona horário de funcionando do aeroporto de Cruzeiro do Sul e faz críticas ao atendimento do TFD
Deputado Nicolau Junior, discursa na tribuna da Aleac e cobra do governo providências para melhor condição da vida de comunidades do Juruá

Nicolau Júnior questiona horário de funcionando do aeroporto de Cruzeiro do Sul e faz críticas ao atendimento do TFD

NICOLAU AERPORTO

O deputado Nicolau Júnior (PP) questionou na sessão desta quarta-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o horário de funcionamento do Aeroporto de Cruzeiro do Sul. Segundo o parlamentar, a burocracia imposta pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), tem causado inúmeros transtornos à população do Juruá.

“O aeroporto de Cruzeiro do Sul só funciona a partir das 9 horas da manhã. O que mais me preocupa é com relação ao atendimento médico. No dia 13 deste mês, uma moça de 20 anos veio à óbito, ela começou a se sentir mal às 3 horas da manhã e o vôo só foi liberado para Rio Branco às 10 horas. Isso é um absurdo. Quantas pessoas precisam morrer até que essa burocracia da Infraero acabe?”, questionou.

O progressista sugeriu que uma comissão de deputados fosse composta para discutir o caso com o órgão. “Esses horários devem ser revistos o mais rápido possível. Se for preciso, vamos à Brasília para tentar resolver essa situação. Isso é um absurdo, estamos falando de um Aeroporto Internacional que precisa funcionar 24 horas”, afirmou.

Nicolau Júnior falou ainda sobre a demora na liberação de passagens pelo TFD para tratamento de pacientes. “Em todo município que eu chego recebo reclamações sobre o agendamento do TFD. Tem paciente que espera há meses para fazer uma cirurgia porque não consegue a liberação das passagens, isso é um absurdo. Isso é falta de gestão. Isso é falta de respeito com a população”, disse.

O deputado cobrou do governo do Estado mais investimentos na área da Saúde. “Não é de hoje que a Saúde Pública está precária. Na maternidade de Cruzeiro do Sul falta medicamentos. A UTI do hospital do hospital do Juruá só tem oito leitos e somente seis estão funcionando, isso é lastimável. Nem neurologista tem para atender a população. O governo precisa investir mais na saúde, a população acreana está sofrendo com a precariedade do setor”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*