Segurança Pública do Acre lança boletim informativo à imprensa
Cúpula da Segurança Pública apresentou a forma em que serão divulgadas as informações oficiais contendo os dados referentes aos trabalhos das forças policiais, de forma dinâmica e transparente – Foto: Alexandre Noronha

Segurança Pública do Acre lança boletim informativo à imprensa

 Cúpula da Segurança Pública apresentou a forma em que serão divulgadas as informações oficiais contendo os dados referentes aos trabalhos das forças policiais, de forma dinâmica e transparente – Foto: Alexandre Noronha


Cúpula da Segurança Pública apresentou a forma em que serão divulgadas as informações oficiais contendo os dados referentes aos trabalhos das forças policiais, de forma dinâmica e transparente – Foto: Alexandre Noronha

Na tarde desta segunda-feira, 5, em encontro com jornalistas do Acre, a cúpula da Segurança Pública do Estado apresentou a forma em que serão divulgadas as informações oficiais contendo os dados referentes aos trabalhos das forças policiais, de forma dinâmica e transparente.

Diariamente, serão disponibilizados os dados do resumo operacional das forças policiais, em Rio Branco, sempre referente ao dia anterior. Semanalmente, às segundas-feiras, será divulgado o balanço de ocorrências atendidas e ações realizadas na capital. Mensalmente, ao 5º dia útil do mês, serão divulgadas as estatísticas criminais de todo o estado. É necessário esse tempo para processar as informações de cada unidade, e passar tais informações com mais precisão.

“Todas as vezes que nós vivemos situações críticas e tivemos a imprensa como aliada, conseguimos dessa forma: trabalhando com transparência. Se a imprensa tem acesso aos dados, ela com certeza vai trabalhar isso da melhor maneira possível com o cidadão. E a intenção é exatamente essa, que a gente possa repassar tudo que temos de fatos ocorridos na área de segurança e também os resultados das ações policiais”, explicou a secretária de Comunicação Andréa Zílio.

Conforme os números do primeiro boletim, apresentados pelo Sistema Integrado de Segurança Pública do Acre (Sisp), foram cumpridos 22 mandados de prisão, 12 mandados de busca e apreensão, aprendidos 12 quilos de drogas e quatro armas de fogo. Dezessete veículos (entre carros e motos), com restrição de furto ou roubo, foram recuperados.

Essa será a postura adotada pela segurança pública a partir de agora e terá como objetivo principal fornecer aos veículos de comunicação informações oficiais, não dando margem para que notícias falsas proliferadas nas redes sociais sejam propagadas e causem pânico à população.

A dinâmica do crime

Ainda no encontro, foi feito um comparativo do aumento da violência no Estado em consequência da guerra entre facções, que se transnacionalizou, ultrapassando as barreiras estaduais e nacionais.

Para o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, o Acre tem desempenhado bem seu papel por meio das polícias Civil e Militar, fazendo o enfrentamento adequado e sendo o segundo Estado do país que mais prende, proporcionalmente.

“Estamos aprofundando o debate para que a União cumpra seu dever constitucional. Essas organizações criminosas que aterrorizam todas as unidades da federação devem ser investigadas pela União, do contrário as forças de segurança dos Estados estarão apenas ‘enxugando gelo’”, pontuou.

Farias falou também da urgente necessidade de o Congresso Nacional rever a legislação penal, pois uma legislação de 1940 não se adequa mais à atual realidade brasileira. “A União também precisa guarnecer as fronteiras do país, pois é cuidando das fronteiras que se cuida de todos os estados da Federação.”

Assessoria Sisp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*