Tragédia no trânsito: racha de motociclistas na BR-364 termina com vítima fatal e uma jovem ferida
Mais um jovem morre no trânsito sob suspeita de participar de racha na BR-364

Tragédia no trânsito: racha de motociclistas na BR-364 termina com vítima fatal e uma jovem ferida

O Pelotão de Trânsito (Peltran) do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) foi acionado pelo centro de Operações de Segurança Pública (Ciosp), na noite de domingo (14), para atender ocorrência de um acidente nas proximidades da rotatória da chegada ao município de Rodrigues Alves e quando chegaram ao local encontraram o corpo do motociclista Orlenilton Sales de Souza, já sem vida, depois dele ter perdido o controle de sua moto e caído em alta velocidade.

Segundo testemunhas informaram aos policiais do Peltran Orlenilton fazia parte de um grupo de cerca de oito motociclistas que trafegavam em alta velocidade, fazendo um racha, no trecho Igarapé Cigana/rotatória da Rodrigues Alves. O motociclista ainda trazia na garupa uma jovem que se machucou no acidente e foi encaminhada ao Pronto Socorro do Hospital Regional do Juruá.

O comandante do Peltran, Tenente PM Silva Lima, informou que quando os policiais chegaram ao local já encontraram a vítima morta. “Segundo várias testemunhas era um grupo de motociclistas que estavam praticado racha que é uma atividade proibida pelo Código Penal. Este tipo de disputa pode gerar multa e até mesmo detenção de seis meses a cinco anos de prisão”, informou o militar.

Silva Lima informou que em 2019 já foram registrados vários acidentes e na sua maioria causados por imprudências. “Ficamos tristes em ver pessoas que criticam as fiscalizações. O trabalho do Peltran é salvar vidas e atuamos sempre para coibir a ação de quem coloca a sua e vida e a de terceiros em riscos”, ressaltou o comandante que destaca a importância da direção defensiva pelos condutores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*