Nazareth Araújo participa do lançamento do projeto Som da Liberdade
Inicialmente, serão beneficiados 20 jovens com curso de iniciação musical (Foto: Val Fernandes)

Nazareth Araújo participa do lançamento do projeto Som da Liberdade

Inicialmente, serão beneficiados 20 jovens com curso de iniciação musical (Foto: Val Fernandes)

Inicialmente, serão beneficiados 20 jovens com curso de iniciação musical (Foto: Val Fernandes)

A governadora em exercício Nazareth Araújo participou nesta quinta-feira, 10 , na sede da comunidade Batista Vida, do lançamento do projeto Som da Liberdade, uma iniciação musical associada a rodas de conversa sobre temas relacionados à prevenção da violência.

Um grupo de 20 socioeducandos em regime de semiliberdade receberá aulas de violão. O objetivo é promover a inserção social dos adolescentes em conflito com a lei por meio da música e da cultura.

O projeto foi idealizado pelo movimento de mulheres camponesas e envolve a Secretaria de Educação, o Instituto Socioeducativo, a Assessoria Especial de Juventude, a Articulação Institucional, a Polícia Militar e o gabinete da vice-governadora.

Nazareth Araújo ressaltou a importância do projeto piloto e adiantou que a meta é que a ação seja ampliada.  “Nós vamos oportunizar a convivência dessas pessoas na comunidade e lutar para que o projeto se expanda, para que seja o início de muitas outras iniciativas que possibilitem oportunidades de reeducação. Trabalhamos para que esses jovens tenham uma segunda chance em suas vidas”, pontuou a governadora.

Suzie Lamas, coordenadora do projeto, completou: “Esse é um projeto piloto na capital, e em breve teremos outra equipe no Bujari. Nossa expectativa é de que eles aproveitem ao máximo essa oportunidade”.

O diretor-presidente do Instituto Socioeducativo (ISE), Rafael Almeida, falou sobre como foi feita a escolha dos adolescentes para participar do curso. “A gente acredita que a música é instrumento fundamental para poder recuperar e ajudar no processo socioeducativo para resgatar os nossos adolescentes. Nossa equipe avaliou e escolheu àqueles de bom comportamento, investem nos estudos e têm  vínculo familiar consolidado”.

O socioeducando L. S. está empolgado com o curso e revela que vai realizar um antigo sonho. “Eu gosto de música sertaneja e tenho muita curiosidade de aprender a tocar violão. Agora surgiu essa oportunidade que eu nunca tive”, contou.

As aulas de violão serão ministradas pelo sargento Mário, que faz parte da equipe da Polícia Militar. “Nossa intenção é fazer com que os jovens possam ampliar seus horizontes com novas possibilidades de vida e que no futuro sejam cidadãos de bem”, declarou o militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*